sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

FELIZ



Feliz. É assim que sou e estou.
Tempo e espaço se mostram num bailar embriagante.
E eu sigo no compasso.
Sou e quero ser mais feliz.
A cada momento. Pequeno e grande.
Ser assim, do jeito que sou, me encanta.
Sou eu, essa extraordinária máquina. Capaz de pensar e agir, coordenando a imaginação, mente e coração.
Tudo junto, juntinho, fazendo a vida fluir pelos poros.

Se hoje tivesse que desejar outra coisa no lugar de ser feliz, desejaria ser pleno e sereno.
Feliz, pleno e sereno.
Um ideal de vida buscado por muitos, mas sentido por poucos.
A minha meta inclui ser um dos poucos.
E pelo visto vou bem no meu caminho. Seguindo bem do meu jeitinho.

Quero que a emoção, carinho e respeito sejam compartilhados com todos aqueles que me fazem feliz.
Até mesmo àqueles que não me fazem.
Afinal todos têm direito de ser feliz.

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Parecem Farpas...





Mas tantos defeitos tenho.
Sou inquieta, ciumenta, áspera, desesperançosa.
Embora amor dentro de mim eu tenha.
Só que não sei usar amor: às vezes parecem farpas.

terça-feira, 24 de novembro de 2009

Carta 9


G.


Sem abraços melosos...
Sem dizer que vou sentir sua falta....
Sem choro...
Assim não há despedida e não há sensação de perda...
Parece que você ainda está aqui mas ocupado demais para nos ver...
Prefiro me enganar assim, e achar que vamos nos encontrar na rua, na correria do dia a dia...
Que essa fase seja o início do melhor!!!!!
Ninguém disse que seria fácil....
Mas a gente tem certeza que não é impossível...
Como vc mesmo diz: Um passo atrás para um salto maior...
Seja forte aí...que serei forte aqui....
Essa fase ainda vai ser contada por nós, à novos amigos, novos amores!
Se errando que se aprende eu aprendi com vc...só se sabe o que é bom quando conhece o ruim...graças a Deus teve fim, graças a Deus teve fim!!
Porque a gente quer o melhor e não se contenta com pouco....
------------------------
Essa foi a carta de despedida de para uma pessoa que nunca vai perder a importância que teve na minha vida!
Foi bom enquanto durou, foi péssimo reviver por anos algo que não existia mais.
Demorou, mais a ferida se cicatrizou. Cicatrizes ficaram, mas são apenas a prova de que eu um dia amei!

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Tão para trás...





Ando por ai.
Lugares.
Tiro fino da vida antiga.
Relembro fatos, sensacões.
Me assusto ao ver tanta coisa que ficou pra trás.
TÃO PRA TRÁS...

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Não tem como....




"Não tem como fazer o mundo parar de girar.

A vida não é fácil, MAS É UMA SÓ.

E o único jeito que agente tem é: enfiar o pé no acelerador e sair vivendo..."

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Esperança.....




O dia que as vezes nos decepciona pela manhã
É o mesmo que traz novas promessas,
Novas pessoas e realidades.
A vida é como o mar: ETERNO MOVIMENTO.
Portanto não há mal nem bem que dure para sempre!!!
Respire fundo, sempre existe a possibilidade de um novo recomeço.

terça-feira, 27 de outubro de 2009

Carta 8


G,

Percebi que nem do teu telefone lembro mais.
Lembro-me de você.
Mas lembro pouco de nós.
Mal me lembro como era ter você perto de mim...

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Chega um momento....



Chega um momento na vida em que você simplesmente cansa.

Cansa das frustrações
Cansa das buscas
Cansa de tentar agradar
Cansa de ser enganada
Cansa de fazer planos
Cansa
Simplesmente cansa.

Não se trata de desistir dos sonhos, e sim, de se auto preservar.
Adequar-se à situação vivida a qual você jamais cogitou a possibilidade de aceitar.

Encarar a solidão, assumir para si mesma que apenas você poderá dar a si mesma um amor incondicional e completamente sincero, e olhar para o mundo ao seu redor com os olhos de quem sabe que a verdadeira felicidade não se apóia em nada e em ninguém
-----------------------------
Quem quiser saber mais sobre mim clique aqui

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Será que tem cura?

Há quem ache as loiras mais bonitas,
Os morenos mais charmosos,
Os mestiços misteriosos....

Tem quem gosta de mulheres
E quem gosta de homens...
Eu, gosto de pessoas...

Pessoa que ri,
Pessoa que chora,
Pessoa que pensa,
Pessoa que vive....

Esse tipo de pessoa está cada vez mais dificil de se encontrar.
O que tenho visto são pessoas mentirosas, usando máscara, interesseiras e desse tipo de pessoas eu quero distância.
E como ultimamente estou rodeada de pessoas assim confesso: TENHO HORROR A PESSOAS!!!

Será que tem cura?

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Quem realmente você é?




As pessoas te acham e te rotulam.
Baseadas em suas crenças,te definem.
Engessam.
Elas não podem ver além.
Pena!
Elas nunca saberão quem vc é.

domingo, 27 de setembro de 2009

Impressões...




A primeira impressão é a que Destaca,


as milhares depois são as que Ficam

domingo, 20 de setembro de 2009

Se atreva



QUEM NÃO SE ATREVE A QUERER DOIDAMENTE

SOFRE DA ÚNICA CULPA QUE A GENTE NUNCA SE PERDOA.....

A CULPA DE NÃO TER OUSADO VIVER SEGUNDO NOSSOS DESEJOS.


Nunca recuse a um convite,nunca resista ao desconhecido,

nunca deixe de ser educado, nunca fique sem ser convidado.

Mantenha sua mente aberta e absorva as experiências,

e se você se machucar,

se muito doer,

quer saber,

provavelmente valeu a pena.

Não deixe que o medo, as dúvidas de impeçam de viver!

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Decidir




Decidir é sempre difícil.

Você escolhe um caminho,

mas sabe que existem milhares de outras possibilidades.
----------------------------------------------------
Para me seguir no twitter, é só clicar aqui

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Inteligência


André Luiz diz:
acho que não vou querer mais namorar vc ....risos
Fabi eu só quero saber do que pode dar certo, não tenho tempo a perder (8) diz:
ah é? vc queria? nem sabia
Fabi (8) eu só quero saber do que pode dar certo, não tenho tempo a perder (8) diz:
rs
André Luiz diz:
queria
Fabi (8) eu só quero saber do que pode dar certo, não tenho tempo a perder (8) diz:
eu nem sabia
Fabi (8) eu só quero saber do que pode dar certo, não tenho tempo a perder (8) diz:
e não quer mais pq?
André Luiz diz:
vc é muito culta pra mim e não tem tempo pra namorar....e nem sei se vc queria tambem....risos
Fabi (8) eu só quero saber do que pode dar certo, não tenho tempo a perder (8) diz:
sempre disse que as mulheres inteligentes assustam e ninguém acreditava...


-------------------------------------------------

Trecho na integra de uma conversa no msn....

Sempre falei que os homens preferem as burras.
Mas tudo bem, eu nem queria namora-lo mesmo e detalhe, não fazia a mínima ideia de que ele tinha outras intenções comigo além da amizade.

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Ponto final...


Ontem a noite me peguei pensando como eu reluto pra aceitar colocar um ponto final em várias situações.

Porque é tão difícil aceitar o fim?

Lembro que reclamava ansiosa pelo fim da faculdade e hoje sinto falta daquela correria.

Uma coisa banal: final de um filme daqueles que arranca suspiro e você gostaria que tivesse uma continuação.

O final de um livro, da novela, do seriado...

O último pedaço de um doce maravilhoso.

O final das férias, do ano, do dia do aniversário, de uma viagem inesquecível.

Do abraço, do beijo, da despedida, das horas que passam quando tudo que você queria é congelar aquele momento.

O final de um relacionamento que sempre é mais dolorido pra um do que pra outro.

Aliás como é difícil aceitar que simplesmente aquele namoro, as promessas de amor, os sonhos sonhados, os planos feitos simplesmente se desfizeram de um dia pro outro, através das palavras: acabou, fim???

Quando alguém acha que deve acabar, como se determina que é o fim?

Porque o pra sempre, SEMPRE ACABA????

Porque toda história tem que ter inicio, meio e fim?

Não gosto de ponto finais.

Prefiro acreditar na eternidade da vida, dos sentimentos...
--------------------
Quer saber mais dessa doidinha aqui???
É só me seguir no twitter, click aqui :)

segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Eu tenho o dom....



Nunca pedi esse dom, mas eu tenho, o jeito é aprender a lidar com ele da melhor maneira possível.
Pois é, eu tenho o dom de INCOMODAR.
Incomodo se fico quieta, incomodo se estou falando... rindo ou chorando.
Incomodo sem querer
Incomodo naturalmente
Apenas pelo fato de VIVER....
Viver da minha maneira, sem precisar da aprovação dos outros ou seguir padrões de beleza e conduta ditados por uma sociedade consumista.
Sabe aquela frase EU SOU MAIS EU???
Sim, eu sou realmente mais eu, porque aprendi a ser feliz com o que tenho e o mais importante: aprendi a ser feliz como sou, com todos os defeitos e qualidades.
Yes, sou uma garota perfeitamente imperfeita e acima de tudo FELIZ.
Afinal não foi uma tarefa fácil aprender a conviver comigo mesma!

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Indignação



Façamos assim: eu resolvo acreditar.

Acreditar em mim, acreditar no próximo.

Mas convenhamos que é dificil manter esperança quando vemos Sarney ser absolvido das suas acusações, um médico conceituado estrupando suas pacientes, pais que jogam filhos da janelas, filhos que matam os pais e um presidente da república que nunca sabe de nada.

Que mundo é esse e como não ficar com os dois pés atrás e simplesmente enojado de gente?

Eu me esforço, mas nem preciso chegar até Brasília, vejo no meu dia a dia, nas pessoas ditas amigas, nas pequenas mentiras, na falsidade, na falta de companherismo.

Dificil não querer ser uma tartaruga e enfiar minha cabeça pra dentro da minha casca.

Isso não é uma reclamação, mas sim um protesto, meio que timido, mas com muita indignação.

Protesto de alguém que trabalha de 12 a 14 horas por dia, que paga impostos em dia, e que não aguenta mas apenas assitir isso tudo calada.
--------
Agora no twitter também, para acompanhar meu dia-dia é só clicar aqui

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Noite


O sol já se pôs.
Mas um dia passou.
As estrelas já brilham no céu acompanhada da lua onipotente.
O silêncio se faz presente.
A solidão que sempre foi uma boa companheira começa a incomodar.
O corpo pesa, sinal do cansaço acumulado de 13 horas de trabalho ininterruptos.
Mais que o cansaço físico, o cansaço emocional.
Cansaço das pessoas, das mesmas conversas, da falta de alguém que faça meu coração sorrir.
Os pensamentos não param e mesmo o corpo querendo dormir, a cabeça não deixa, perdida em um monte de perguntas sem respostas.
Não sei porque, mas parece que a noite todas as dores se acentuam...

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

A carta de despedida


Tente entender, eu bati em porta errada, me enganei de endereço. E de pessoa... Veja bem, não era a sua mão que eu queria segurar, não era em sua cama que eu devia dormir. Mas eu fui ficando, como quem perde a hora ou como quem não tem nada a perder.
Não era pra você que eu queria estar dizendo isso.
Desculpe. Foi engano.
Não era com você que eu queria estar perdendo tempo...
E não é só isso.
Eu quero alguém que haja espontâneamente e não obrigado, e que tudo que faça seja do meu agrado e tudo que eu faça seja do seu agrado... alguém que não chore na hora de sorrir, não fale na hora de escutar, não cale na hora de falar, dê na hora de dar, perdoe na hora de odiar, que se apaixone na hora de me amar e que me ame a toda e qualquer hora...
Tentei lhe dizer isso várias vezes, não só através de ações, mais cara a cara, olho no olho para poder ver o impacto que cada uma das minhas palavras iriam te causar.
Mas toda vez que tentava você mudava o rumo da conversa...
Então aqui está, por escrito, para que você leia e releia quantas vezes for necessário que chegou o FIM.
Aquela história de seremos felizes para sempre não foi feita para nós.
Aliás, agora existe eu aqui e você ai.
Descrever os motivos seria fácil mas para simplificar, resumirei em apenas uma frase: CANSEI DE TRATAR COMO PRIORIDADE QUEM ME TRATA COMO OPÇÃO.
Pois é, "é só isso, não tem mais jeito, acabou, boa sorte! Não tenho o que dizer, são só palavras e o que eu sinto não mudará".


------------------------------


Recebi essa MISSÃO do P. Winter do blog Meias e Cuecas , a qual consiste em criar uma carta terminando um relacionamento com alguém. Essa ideia surgiu a partir da exposição Cuide de Você, da francesa Sophie Calle.Ela convidou 104 mulheres para interpretarem um email de seu ex-namorado que gostaria de romper o relacionamento de ambos.

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Cansei....



"Me cansei de lero, lero, com licença mais eu vou sair do sério"


Cansei do tudo, cansei do nada, cansei do mais ou menos!!!
Desisti de entender.
Não sei se é melhor deixar a vida me levar ou tentar conduzir a vida.
Certo, errado, tudo é tão relativo.
Não existe verdade absoluta.
O que sei é que me enjoei de gente...
Não estou brava, não estou triste, apenas cansada!
Cansada, inclusive de mim.
Como se tira férias de si mesma?
Sei lá, tem tantas coisas que não dizemos...
Sou grata por ter saúde, emprego, família. Mas isso não é a definição da felicidade e realização.
Não no meu conceito!
Mas afinal o que é felicidade? Onde encontrá-la?
Me sinto vazia, o que vai me completar???
Não tenho receitas prontas, sou uma incógnita.
Não sigo os padrões da sociedade.
E talvez por não aceitar várias coisas que nos são impostas em todos os setores das nossas vidas no nosso dia a dia que me sinto tão cansada.
Ainda bem que tudo é passageiro.... e isso também vai passar.

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Azar o dele


Aproveitei um dia na semana passada na hora do almoço para comprar uma carteira nova.

Concentrada na escolha, pensando em todas as divisões que a carteira teria que ter para atender minhas necessidades de guardar tantas tranqueiras, meu telefone toca.

Na minha lerdeza, demoro um pouco pra perceber que era o meu telefone porque troquei o toque.

-Alô....

A voz toda sensual do outro lado apenas diz oi

Eu que sou ótima em reconhecimento de voz não identifico e pergunto pra quem você ligou.

A pessoa rapidamente percebe que foi um engano e pede desculpas. Digo que não tinha problema, dou tchau e desligo.

Volto na minha tarefa complicada em escolher uma carteira nova.

O telefone toca de novo, vejo que é o mesmo número que ligou segundos antes e já atendo dizendo: ei você discou errado novamente.

A voz responde: Dessa vez não liguei errado, é que adorei a sua voz.

Meu ego nem teve tempo de ir as alturas porque ele desligou o telefone

No mesmo dia a noite o telefone toca, a mesma voz sensual dizendo que adorou minha voz, eu apenas respondo: Adorou? e o que vamos fazer a respeito disso???

A voz desaparece...........desliga na minha cara.

Acho que se assustou.

Mas convenhamos, o que adianta ficar me ligando dizendo que gostou da minha voz???? E só repetir essa frase....

É tem coisas que só acontecem comigo....

Depois da minha super direta a voz sensual não me ligou mais.

AZAR O DELE....

quarta-feira, 29 de julho de 2009

GENTE


Às vezes me dá enjôo de gente.

Depois passa...

E fico de novo toda curiosa e atenta.

E é só.


(Clarice Lispector)

quarta-feira, 22 de julho de 2009

CRESCER...



"É doloroso o processo de crescer, quem diz que não é está mentindo.

Mas na verdade é o seguinte:

às vezes, quanto mais as coisas mudam, mais elas continuam iguais.

E algumas vezes a mudança é boa.

E algumas vezes a mudança é TUDO"


(Grey's Anatomy eps 1, quarta temporada)

sexta-feira, 17 de julho de 2009

Era uma vez...


Era uma vez uma, em um lugar não muito longe daqui e nem em um tempo muito distante.......

Uma Menina Confusa, que vivia em um mundo denominado seu. Nesse mundo poucas pessoas tinham acesso, a entrada nele era restrita.

A Menina Confusa se achava feia, chata e sozinha e preferia ser sozinha mesmo pois, achava as pessoas muito vazias. Mesmo assim ela se achava feliz, levava uma vida aparentemente normal, trabalho, amigos, muitos colegas e algumas paixões.

A Menina Confusa resolveu contar seu dia a dia em um blog, pra desabafar as confusões que passavam pela sua mente confusa e muitas vezes insana.

E por incrível que pareça o blog começou a modificar a vida dela. E muitas coisas aconteceram, aquele mundo q era só seu, agora era dividido com milhares de pessoas, que comentavam, opinavam, discordavam. E algumas pessoas saíram do mundo virtual e conseguiram entrar naquele seu mundo tão fechado e passar a fazer parte da sua vida real.E essas pessoas a ensinaram que aquele mundo dela não era o ideal, e ajudaram a conhecer o mundo real.

Foi uma experiência maravilhosa porém assustadora.

A menina confusa teve que crescer e aprender coisas novas.

A menina confusa começou a rir mais, a chorar mais, a acertar mais e a errar mais, pois fora do seu mundo ela não tinha as coisas sob controle, tudo era uma novidade.

A menina confusa descobriu que crescer dói, que as pessoas vão embora, que existem amigos verdadeiros, que existem momentos e pessoas que ela nunca vai esquecer, que as pessoas sempre vão decepcionar, que mesmo sem querer ela também vai decepcionar e magoar outras pessoas.

Mas tudo isso foi bom... muito bom.....Pois hoje a menina confusa não existe mais...... ela deu lugar a uma MULHER DE QUASE TRINTA ANOS.

Uma mulher que se acha linda, inteligente, que conhece o mundo de verdade e tem o seu próprio mundo, mas que hoje não se fecha nele, deixa as pessoas participarem: chorar e rir com suas vitórias, conquista, decepções e coração partido.E é aqui que vocês vão conhecer essa nova mulher.... alguns que já acompanhavam a história da Menina confusa (http://confusa.zip.net) e os novos amigos que vão chegar acompanhando meu dia a dia......Beijos a todos


-------------------------


Esse foi o primeiro post publicado no QUASE TRINTA....

Dia 19 de julho esse blog completa um ano.

É uma delicia rever os textos que escrevi, os comentários, os novos amigos que fiz através desse espaço.

Adoro escrever, é onde me liberto..... costumo dizer que isso aqui pra mim é "blogterapia".

Obrigada a todos que me ajudaram e incentivaram através dos comentários.

E que venham mais textos, mais amigos.

domingo, 12 de julho de 2009

Quem vive sem loucura...


Quem vive sem loucura não é tão sábio como pensa.





Quando o assunto nas rodas de amigos eram qual a maior loucura que você cometeu? Eu ficava em silêncio e admirava a coragem e ousadia de cada um com suas loucuras mirabolantes....
Não tinha o que dizer, não tinha nada a contar.
Simplesmente porque nunca me permiti fazer uma loucura.
Essa coisa de ficar pensando muito antes de fazer nem sempre é o certo.
E eu, sempre pensando muito, aos 29 anos não tinha uma loucura pra contar.
Auto censura, excesso de zelo e pura covardia
O "se" sempre me deteve.
Uma pitada de pais super protetores, mais uma pitada do casulo que construi ao meu redor e uma dose exagerada de auto preservação.
Confesso que deixei de viver muitas coisas e deixei passar muitas oportunidades por medo da frustração, de me expor... de receber um não.
Estou aprendendo um pouco tarde que dar a cara a tapa faz parte, que é preciso achar o equilibrio entre a auto preservação e a exposição.
Que ao invés de construir muros preciso construir pontes.
E que uma loucura não vai mudar quem sou, no que acredito.
E HOJE FIZ UMA LOUCURA... e ainda estou rindo sozinha, não doeu, não tirou pedaço e foi do meu ponto de vista saudável.
ME PERMITI....
Claro que fiz essa loucura longe de casa (estou em Petrópolis-RJ), claro que pensei um pouco antes de fazer, mas não o suficiente para desistir.
E confesso: foi loucura o que fiz? FOI!!! Faria novamente: SEM DÚVIDA NENHUMA.
O frio na barriga, as mãos tremendo, a sensação de euforia me levaram a conclusão que a loucura pode ser saudável.

Afinal como cantou Lulu Santos: "E não há tempo que volte amor, vamos viver tudo que há pra viver, VAMOS NOS PERMITIR"
ps: aposto que ficaram curiosos pra saber qual loucura eu fiz?? rs... usem a imaginação.

terça-feira, 7 de julho de 2009

Lista




Faça uma lista dos sonhos...

Que tinha.

Quantos você desistiu de sonhar?

quinta-feira, 2 de julho de 2009

Dose certa


Aproveite sua vida, saiba dosar trabalho e lazer...

Trabalhe, mas curta a sua vida.

Ela é única!!!

A Vida é curta

Quebre regras

Perdoe rapidamente

Beije demoradamente

Ame verdadeiramente

Pratique intensamente,

Ria incontrolavelmente

e nunca deixe de sorrir,

por mais estranho que seja o motivo.

sábado, 27 de junho de 2009

Nunca Imaginei

Mas eu pensei que o amor

só fosse alegria

Nunca imaginei que amando,


fosse infeliz algum dia.

"É tão difícil olhar o mundo e ver

O que ainda existe

Pois sem você meu mundo é diferente

Minha alegria é triste"

sábado, 20 de junho de 2009

As palmas são para você


Gabriel, 21 de junho, 30 anos.


Hoje comemoram teu aniversário
e dessa vez quase deu pra esquecer
E eu, não mais que um corsário
na tua vida não posso mais caber
Daria em mil beijos os parabéns
daria tudo para estar ao teu lado
mas somos dos nossos erros reféns
Antes de nada tivesse lembrado
Ficar de longe pra mim é tão pouco
Queria ser eu o teu melhor presente
penso que pra me esquecer falte pouco
e me mata ser pra ti ausente
No teu aniversário, tem mesmo que ser assim
As palmas são todas pra você
E as lágrimas são todas pra mim



(texto de João Francisco Viégas http://eopedefeijao.blogspot.com/)

terça-feira, 16 de junho de 2009

CHEGA

Chega de falar de mim!

Chega de falar de você!

Chega de falar em nós...

Hoje eu quero sossego..

Queria ter o poder de parar o mundo por alguns segundos, parar até mesmo os meus pensamentos...

E desfrutar do silêncio.

Ouvir os batimentos do meu coração.

O som da minha respiração.

O canto dos pássaros.

Desfrutar de pequenos prazeres da vida que no dia a dia passam desapercebidos.

E esquecer de uma vez por todas que um dia eu e você já fomos nós.

quarta-feira, 10 de junho de 2009

Segredos


Tenho segredos que não ouso dizer em voz alta.

Estão tão bem guardados dentro de mim, que as vezes até esqueço.

São sonhos, frustrações e acontecimentos que devem ficar guardados apenas comigo.

A maioria desses segredos tornam-se fardos de tão doloridos.

Quem diz que não tem segredos mente.

Esses tipos de segredos não ouso dizer nem em terapia, nem mesmo em confissão.

Mesmo que tivesse coragem de me abrir seria rotulada como louca, ou melhor, mais louca ainda.

E que graça teria contar????

Segredo só é segredo quando guardado apenas por uma pessoa; quando é dividido deixa de ser segredo.
-----------------
Confira este texto no blog Mentes Discrepantes, além de muitos outros na ótica de 4 mentes totalmente diferentes sobre assuntos diversos.
Clique AQUI e confira.

sábado, 6 de junho de 2009

SOU


Sou o que se chama de pessoa impulsiva.

Como descrever?

Acho que assim: vem-me uma ideia ou um sentimento e eu, em vez de refletir sobre o que me veio, ajo quase que imediatamente.

O resultado tem sido meio a meio: às vezes acontece que agi sob uma intuição dessas que não falham, às vezes erro completamente, o que prova que não se tratava de intuição, mas de simples infantilidade.

Trata-se de saber se devo prosseguir nos meus impulsos. E até que ponto posso controlá-los. [...] Deverei continuar a acertar e a errar, aceitando os resultados resignadamente?

Ou devo lutar e tornar-me uma pessoa mais adulta?

E também tenho medo de tornar-me adulta demais: eu perderia um dos prazeres do que é um jogo infantil, do que tantas vezes é uma alegria pura.

Vou pensar no assunto.

E certamente o resultado ainda virá sob a forma de um impulso.

Não sou madura bastante ainda. Ou nunca serei.”


Clarice Lispector mais uma vez falando brilhantemente por mim

domingo, 31 de maio de 2009

Dia dos Namorados

Eu sei dia 12 de junho se comemora o dia dos namorados.
Essa data foi por um bom tempo dramática pra mim pois sempre passava sozinha.
Depois do namoro com o G., comecei a adorar e mesmo com o término nunca mais tinha sido tão dolorido... Até hoje!
Digo até hoje, porque hoje descobri que o dia dos namorados cai no feriado de Corpus Christi e todas as minhas tentativas de viagem foram frustradas porque TODOS os meus amigos estão namorando ou casados.
Tentei o roteiro de sempre: Rio de Janeiro, liguei pro meu amigo perguntando o que ele ia fazer no feriado e ele logo disse: Fabi, é o feriado do dia dos namorados.
Não precisou dizer mais nada.
Então entrei no site da gol e comecei a olhar as passagens em promoção e lá estava Fortaleza com um preço super baratinho, oportunidade perfeita pra visitar outro amigo, converso com ele e conto empolgada que finalmente vou conseguir ir.
Ele fica feliz e diz: até que enfim você vem.

Eu já super animada por ter uma super programação de feriado, quando ele continua a frase: Só espero que não se importe comecei a namorar faz uma semana, minha namorada é de outra cidade e também vem.
Como não me importar e não me sentir uma intrusa........affffffffff, projeto Fortaleza cancelado.
Reclamo com outro amigo, ele diz que está solteiro, chamo ele pra viajar e escuto a seguinte resposta: acho que vou trabalhar e se não for juro que arrumo um namorado (sim, escrevi certo, é namoradO) nem que seja apenas pra passar o dia dos namorados.
Com certeza pra lerdeza em pessoa, a frigideira em questão aqui não vai arrumar um namorado tão rápido até porque tenho um cupido burro.

O jeito vai ser ficar em casa na companhia dos chocolates, dvds e livros.
Irmão namorando, irmã se casou não faz nem um mês e pais que até hoje comemoram o dia dos namorados.
Solidão gigantesca chegando.

O dia dos namorados nem chegou e já começou a doer.

quarta-feira, 27 de maio de 2009

Pensamento da semana


Todos encontram
A tampa da sua panela...

Só espero que eu

Não tenha nascido

FRIGIDEIRA

sexta-feira, 22 de maio de 2009

Gritos


Não tenho vocação pra ser saco de pancadas.

Acho que todos temos problemas. Psicológos, psiquiatras, blogs como esse e os bons e pacientes amigos servem pra nos acompanhar, principalmente nessas horas chatas de mau humor.

Não sou saco de pancadas, diria que estou mais pra aquele brinquedo João-bobo, que você bate e ele volta com a mesma força pra você. Mas nunca no grito e sim nos argumentos.

Acho que nenhum tipo de discussão se vence no grito e a partir do momento que o tom de voz precisa ser aumentado a pessoa perde razão por mais que ela tenha alguma razão, acaba perdendo...

Porque todo esse discurso???

Apenas porque uma pessoa que trabalha NA MINHA CLÍNICA hoje teve um ataque nervoso e entrou no meu consultório gritando sem nenhuma razão.

Eu que já venho de uma semana difícil, tive vontade de levantar e enfiar meus cinco dedinhos no rostinho dela.

Mas fui uma "lade".... respirei fundo, falei pausadamente e no meu tom de voz habitual disse que ela estava alterada e estava perdendo a razão

Pensei que ela abaixaria o tom de voz e começaria um diálogo, mas para minha surpresa, meu tom de voz foi interpretado como ironia e os gritos aumentaram.

Levantei da minha cadeira, dirigi até a pessoa contando até mil e segurando minha mão pra não deixar minha marquinha.... e a conduzi pra fora do meu consultório dizendo: não vou ter nenhum tipo de conversa com você agora, não sei o que aconteceu, mas você está alterada, e perdeu qualquer razão que achava ter.

Acabei desarmando ela, mas ela não se conteve, entrou na sala dela, ajuntou suas coisas e saiu batendo todas as portas da clínica.

Eu fiquei aqui, sem entender nada e imaginando várias hipóteses:

-seria TPM?

-o marido dela não está suprindo as necessidades dela?

-está faltando dinheiro?

Seja o que for, não é em mim que ela irá jogar tudo isso e nem dessa maneira.

Mas estou tão orgulhosa de mim, por ter sido tão ADULTA e não ter batido nela.

Estou evoluindo...rs

domingo, 17 de maio de 2009

É preciso saber viver


"Quem espera que a vida seja feita de ilusões
pode até ficar maluco ou morrer na solidão,
é preciso ter cuidado pra mais tarde não sofrer,
é preciso saber viver"



É preciso saber viver, aprender...
É preciso sorrir, gargalhar...
É preciso rir de si mesmo, dos erros, dos acertos...
É preciso cair, se machucar e aprender a se levantar...
É preciso sonhar, é preciso se iludir, se frustrar...
É preciso chorar...
É preciso entender que apesar de você, dos outros, dos seus problemas, das suas alegrias, amanhã há de ser outro dia, um novo começo, uma nova chance de fazer tudo diferente.
Um novo dia sempre vem acompanhado da esperança de momentos melhores...
Então lamente menos!!
Ame mais, demonstre esse amor. Diga as pessoas como elas são importantes para você.
Pare de esperar por dias melhores, faça que o dia de hoje seja o melhor!!
Pode ser sua última chance de fazer tudo ter valido a pena...


PS: eu ainda não aprendi, mas não desisto e aos poucos vou me adaptando e aprendendo a viver um dia de cada vez...

domingo, 10 de maio de 2009

Não importa...

Não importa o que você tem!!



E sim,






QUEM você tem na vida!!!





Família, amigos, auto estima, um trabalho realizador.
Senhor lhe sou grata por tudo!!!

domingo, 3 de maio de 2009

Despedida


Um dia a gente decide...
Que deve parar de sofrer...

Simplesmente por que percebe que lágrimas

não alteram sentimentos,

não diminuem a saudade...

Esse é o começo da minha despedida do G. ou final, não sei.

A única coisa certa é que é definitivo.

Só sei cantar:

Eu não estou aqui pra sofrer,

vou sentir saudade pra que?

Quero ser feliz,

bye, bye

tristeza não precisa voltar....


terça-feira, 28 de abril de 2009

O que é perfeito?


O que é perfeito?

Perfeito pode ser um choro, ou um sorriso.

Perfeito pode ser viajar, ou ficar em casa.

Perfeito pode ser um momento, ou uma vida inteira.

Pode ser um beijo, um amor de muitos anos.

Perfeito sempre é o seu.

É o que não é esperado, ou o que é muito esperado.

Perfeito é a forma que dura muito, ou a que não dura nada.

É o que você vê, ou o que não vê.

Perfeito pode ser ensaiado, ou improvisado.

Pode ser o doce, ou pode ser salgado.

Perfeito pode ser uma palavra, ou um número.

Perfeito é tudo aquilo que nos faz bem e que sem saber porquê, a gente reconhece na hora...
-----------------------------
VOCÊ TEM IDEIAS DIFERENTES?
QUER EXPOR PRA TODO MUNDO???
VENHA FAZER PARTE DO BLOG
MENTES DISCREPANTES.
Estamos procurando alguém que tenha o perfil do blog, que escreva o que pensa, sem ter medo.
Você é essa pessoa?
Então nos escreva contando porque você deve fazer parte no nosso blog
mentesdiscrepantes@yahoo.com.br
Esperamos seu texto lá.

sexta-feira, 24 de abril de 2009

Ilusão é fundamental



Sonhos, ilusões e desilusões.
Acho que a vida seria muito sem graça sem esses sentimentos.
Eu me iludo, o tempo todo!
Alguma dessas ilusões viram sonhos, outras desilusões e outras realidade!
Mas acho que minha mente precisa disso pra não cair na rotina do dia a dia.
Então coloco a imaginação pra funcionar.
Claro que não vivo 24 horas no planeta das ilusões. Mas sempre que posso fujo pra lá, algo do tipo Alice no país das maravilhas.
Aprendi também que com o tempo passando e as experiências de vida adquiridas vamos ficando espertas e as ilusões já não são tão bobas como antigamente, principalmente no que se refere ao AMOR.
Aquela coisa de principe encanto e felizes para sempre que nos iludimos quando estamos na adolecencia deixa de existir.
Não sou alienada.
Sonho, me iludo e tenho desilusões (não necessariamente nessa ordem) mas meus pés sempre estão no chão.
Então permita-se mais, solte sua imaginação e de vez enquanto fuja para o mundo das ilusões, sua vida pode se tornar muito mais interessante.
-----------------------------------
Confira este texto no blog Mentes Discrepantes, além de muitos outros na ótica de 4 mentes totalmente diferentes sobre assuntos diversos.
Clique AQUI e confira.

VOCÊ TEM IDEIAS DIFERENTES? QUER EXPOR PRA TODO MUNDO???
VENHA FAZER PARTE DO BLOG MENTES DISCREPANTES.
QUER SABER COMO????
ENTRE LÁ NO BLOG NO DOMINGO QUE TERÁ MAIS INFORMAÇÕES.

segunda-feira, 20 de abril de 2009

Meu coração precisa de sangue


"Meu destino é viver na arena, dançando entre leões famintos. 
É um perigo, eu sei. 
Porém, nos intervalos das lutas, sorrindo, tomo sempre vinho rouge no gargalo colorido das garrafas de cristal. 
Talvez um dia eu acabe até morrendo na arena, quem sabe.

Acontece que, antes de morrer na arena, meus amigos, eu vivo na arena — e isso faz toda a diferença.

Prefiro ser o gladiador ensanguentado a ser um boi feliz.

Meu coração precisa de sangue, não de capim!"

O texto  é de autoria de Edson Marques.

obs: meu coração sangra no momento, jorrando o sangue ruim pra fora, das lembranças que devem ser esquecidas, dos sentimentos não vividos, da saudade eterna. Sangra porque escolhi viver intensamente não só os momentos felizes, mas os tristes  também.
Jorra sangue porque estou na arena, no meio de touros e bois mesquinhos, falsos, egoístas, que brincam com sentimentos alheios.
Mas sou guerreira e esse sangue jorra, acompanhado de gritos e gemidos.  
Um misto de alegria e de tristeza. 
Porque tudo dele que estava ainda impregnado em mim, no meu sangue está saindo. 
Me esvazio dele pra viver de uma vez por todas uma vida plena!!!



quinta-feira, 16 de abril de 2009

S A U D A D E S . . .


Acredito em saudade, sei o quanto uma ausência pode doer, provocar contração muscular e até náusea.

Ausência física, ausência da voz e do cheiro, das risadas e do piscar de olhos, saudade da amizade, da paisagem, do momento, dos amores que ficaram nas lembranças e em algumas fotos.

Sim, admito, sou um poço de saudades.

Sinto falta de cheiros, de sensações, de lugares, de calafrios e coração disparado.
Sinto saudades até de mim, até do que desejei ser, dos sonhos que sonhei.

Algumas coisas realmente ficarão apenas na lembrança, outras saudades são passiveis de se resolver temporariamente.

E é isso que farei nesse feriado, vou MATAR ALGUMAS SAUDADES....

Vou aliviar meu coração e rever o meu amigo Autor (que não vejo desde o ano novo), do Rio de Janeiro (que sem dúvida continua lindo), de Petropolis (amo o clima frio) e de ficar entre pessoas queridas e com 4 dias de folga.

Perfeito??? Quase.....

Mas quem sabe não encontro um cobertor de orelha pra me aquecer nos dias gelados de Petropolis...rs



beijos a todos e volto após o feriado

domingo, 12 de abril de 2009

Sou o que sou

"Sou o que sou, porque vivo da minha maneira...

Você procurando respostas, olhando pro espaço,

e eu tão ocupada vivendo...

Eu não me pergunto, eu faço!" - Raul Seixas
Não sei onde eu tô indo
Mas sei que eu tô no meu caminho
Enquanto você me critica, eu tô no meu caminho
Eu sou o que sou, porque eu vivo a minha maneira
Só sei que eu sinto que foi sempre assim minha vida inteira
Eu sei..
Não sei onde eu tô indo
Mas sei que eu tô no meu caminho
Enquanto você me critica, eu tô no meu caminho


quarta-feira, 8 de abril de 2009

Sabe...



Sabe quando tiram um pirulito da mão de uma criança?
Sabe quando vc planeja algo e dá errado?
Sabe quando vc está na estrada e erra o caminho e o próximo retorno é muito longe?
Sabe quando você perde alguém?
Sabe quando vc sente saudades, que chega a doer fisicamente.
Sabe quando algo te entritece a ponto de te fazer chorar a ponto de soluçar?
Sabe quando algo ou alguém te decepciona a ponto de você perder o rumo?
Sabe quando a tristeza é tanta que você por uns momentos chega a pensar no sentido da vida?
Foi assim que me senti ao receber uma notícia que fez meu coração se despedaçar em milhões de pedaço, e dessa vez não existe super bonder que o cole.

"Quem vai entregar suas emoções? Quem não vai pedir que nunca lhe abandone? Quem me cobrirá nesta noite fria? Quem me vai curar o coração partido?"

domingo, 5 de abril de 2009

Eu prefiro a verdade

Eu prefiro a verdade.
Tenho como mantra: Prefiro uma dura verdade do que uma doce mentira.
Tenho ataques de sinceridade: as vezes parece que o quadro que passava no Fantástico: O Super Sincero foi inspirado em mim.
O ditado já diz: mentira tem perna curta.
Mas nesse vinte e nove anos de vida, aprendi que nem todos gostam de ouvir verdades, nem todo mundo está preparado.
Acho que a mentirinhas, mentiras e mentironas fazem parte da nossa cultura.
Mesmo primando sempre pela verdade, eu já menti, ainda minto e futuramente continuarei mentindo. Ou até mesmo omitindo fatos para me preservar ou preservar outros.
Mas se você tem algo a me dizer, diga a verdade, por mais dolorida que seja.
Eu aguento! Posso cambalear, mas não caio.
-----------------------------------
Confira este texto no blog Mentes Discrepantes, além de muitos outros na ótica de 4 mentes totalmente diferentes sobre assuntos diversos. O tema desta semana é MENTIRA.
Clique AQUI e confira.

domingo, 29 de março de 2009

02 de abril de 1980


Sou assim..
Extrovertida pra disfarçar a timidez
Amiga, carinhosa, dengosa, romântica do tipo que manda flores (risos).
As vezes sensível demais, as vezes racional demais, ciumenta, chorona, melosa..
Não temo a morte porque acho a vida às vezes muito vazia..
Tenho os amigos mais perfeitos do mundo e um trabalho feito sob medida só pra mim..
Tenho coração vagabundo... sempre perdoo, falo demais, ouço de menos..(por isto sou mestre em quebrar a cara..) e na maioria das discussões sempre perco.. penso q às vezes é mais fácil ceder Falo muita besteira e sou dona de uma imaginação invejável.


Adoro beijo na boca, namorar. Gosto quando cuidam de mim (me sinto amada). Gosto de ser mimada
Sou acelerada então não gosto de gente lenta, acho o preconceito uma babaquice e fofocas o "oh" Ah e já disse que sou ciumenta?? rsrsr (eh q sou um pouquinho ciumenta d+)
Eu já: Chorei de amor (achava que era amor) muito na verdade noites inteiras.. depois acordei como se nada tivesse acontecido. Chorei de tanto rir e fingi muitas vezes que entendi algumas piadas q na verdade não entendi até hoje.
Falei coisas que nem pensava que eu fosse capaz de dizer
Fiz coisas malucas e muitas erradas..
Briguei com quem não merecia.
Pedi perdão;
Acho tudo o que se refere ao amor extremamente brega. Acho tudo o que não se refere ao amor extremamente infeliz.
Eu cansei de papo furado à luz de velas, eu cansei da ansiedade e da ilusão de princesa.
Eu prefiro um DVD e um pijamão com a minha cachorrinha e todas as minhas guloseimas no armário da cozinha.

Mentira. Tudo mentira.
Eu corro atrás o tempo todo.
Mas acabo sempre quebrando a cara e me decepcionando.
Ainda não sou aquilo que sonho ser.
Corri na chuva e já menti que estava doente pra não ir trabalhar .
Tenho grande facilidade de aceitar q errei.. Tenho dificuldade em lhe dar com os meus erros.
Já chorei no telefone.
Já tirei a melhor nota da sala e também já tirei a pior nota da sala .
Fiquei mais que vinte minutos abraçada .
Deixei tudo pra amanhã, e fui dormir.

Já passei o dia inteiro de pijama.
Já fiquei no telefone por mais de 5 horas ininterruptamente.
E já passei uma noite inteira na net.. Também fiquei horas ao lado do telefone esperando alguém me ligar depois chorei baixinho pra ninguém ver/ouvir
Fui cínica, falsa e muitas vezes menti ( mas quem nunca foi?)
Apostei toda minha confiança em alguém que não merecia.
Me apaixonei loucamente por alguém que fiquei até sem comer, sendo que depois de 2 meses esta pessoa já não existia mais nem na minha agenda do celular.
Cantei e dancei na frente do espelho, fingindo que tinha uma plateia e eu era super star
Esqueci alguns de meus melhores amigos, e sempre me lembro de pessoas ilustres que conheci de relance em um bar, mercado ou esquina e com certeza nunca mais verei..
Choro nos filmes e nos livros e se os vejo mais de 10 vezes choro tudo de novo.
Já torci pro bandido.
Bloqueei amigos no MSN.

Vinte e nove anos e me considero ainda na maior parte do tempo uma menina...

Sou mulher em um coração de menina.

Sou tanto e ao mesmo tempo tão pouco.

Eu tenho medos bobos e coragens absurdas.

Eu vivo cercada de pessoas por fora da minha bolha egocêntrica, infantil e sensível.

Aprendi tantas coisas que já não tenho dedos pra contar de quantos barrancos despenquei, de quantas pedras me atiraram ou quantas atirei...

Vinte e nove anos e eu ainda vivo à espera daquele momento, mas não sei que droga de momento é esse.

Às vezes sinto cheiros e morro de saudades de coisas que já não me lembro mais.

Sinto tanta, mas tanta saudade. Até do que não tive.
As vezes até de mim.

Eu me orgulho de todas as minhas lembranças ingênuas, mas tenho consciência de que foi a minha fragilidade cansada que me transformou numa pessoa irônica.

Hoje já não consigo mais me lembrar de quantas janelas me atirei e quantos rastro de incompreensão eu já deixei...

Passo metade do dia odiando minha vida e querendo ser sugada pela minha própria insignificância. A outra metade passo rindo do quanto sou dramática e exagerada.

Adoro o toque do telefone que quebra o barulho do abandono, a força leve da caneta no papel que pode transformar tantas coisas e o som do carro chegando na chuva para me salvar.

Eu adoro ouvir música bem alta e do resto do Sol que entra pela janela me trazendo calmaria por pertencer a algo e faniquito por não pertencer a tudo.

Às vezes, eu gosto apenas da folha em branco, do silêncio, da noite e da janela fechada.

E na maioria das vezes nestes 29 anos fui simplesmente eu .. assim sem graça, sem charme, sem beleza exótica às vezes melancólica mas feliz.. dentro de um contexto q só eu sei avaliar...