sábado, 6 de junho de 2009

SOU


Sou o que se chama de pessoa impulsiva.

Como descrever?

Acho que assim: vem-me uma ideia ou um sentimento e eu, em vez de refletir sobre o que me veio, ajo quase que imediatamente.

O resultado tem sido meio a meio: às vezes acontece que agi sob uma intuição dessas que não falham, às vezes erro completamente, o que prova que não se tratava de intuição, mas de simples infantilidade.

Trata-se de saber se devo prosseguir nos meus impulsos. E até que ponto posso controlá-los. [...] Deverei continuar a acertar e a errar, aceitando os resultados resignadamente?

Ou devo lutar e tornar-me uma pessoa mais adulta?

E também tenho medo de tornar-me adulta demais: eu perderia um dos prazeres do que é um jogo infantil, do que tantas vezes é uma alegria pura.

Vou pensar no assunto.

E certamente o resultado ainda virá sob a forma de um impulso.

Não sou madura bastante ainda. Ou nunca serei.”


Clarice Lispector mais uma vez falando brilhantemente por mim

11 comentários:

Dama de Cinzas disse...

Eu sinto falta da minha fase absolutamente impulsiva, quando comecei a racionalizar tudo ficou mais dífícil acertar e errar...

Beijocas

paula barros disse...

Devia ter tido o impulso de comprar a passagem para REcife naquele dia. Mas deve ter ficado pensando, pensando...e eu aqui esperando. rsrsr

Mais um belo momento de Clarice falando por nós.

abraços

Gleidston disse...

Clarice e suas verdades,ser impulsivo(a)é sempre uma experiencia que recordara depois de um tempo,muitas nos leva a certas atitudes que depois da sorriso canto de boca,as vezes é bom ser assim,

*passei pra matar saudades desse cantinho maravilhoso*

beijo no coração e otimo fim de semana pra voce.

meuladocontido disse...

Menina linda!
Clarice falando por você, e falando também por mim...
Adoro aqui
Beijos...

Bill Falcão disse...

Eis uma autora que sabia do que falava.
Bjooooooo!!!!!!!!!

Juliana Lira disse...

Clarice perfeição Lispector,tantas vezes fala por mim também, tantas...

Mil beijos

Kari disse...

Eu gosto da impulsividade...
Traz coisas ruins, mas traz também tantas outras coisas boas...
Eu prefiro arriscar...

Beijos

lownew disse...

encontrei por acaso teu blog e to gostando cada vez mais... :DD
quando leio sempre lembro de minha recente desilusao... :\
me apaixonei meio sem querer por ela.somos bem amigos ainda,mas nao consigo esquecer ela ainda.nao queria esquecer,pois ela e muito importante pra mim.tenho ate medo de conhecer outra e esquecer dela...
melhor aqui parar se nao vo molhar o pc... XD
beijao e sucesso...

Andréia disse...

minhas impulsividades só me metem encrenca..rs

Moni disse...

eu tbm sou bem assim viu... rsrs.. beijos

Ruberto Palazo disse...

Neste caso, amadurecer talvez seja deixar de viver..... pelo menos penso eu assim...rs

beijos