sexta-feira, 22 de maio de 2009

Gritos


Não tenho vocação pra ser saco de pancadas.

Acho que todos temos problemas. Psicológos, psiquiatras, blogs como esse e os bons e pacientes amigos servem pra nos acompanhar, principalmente nessas horas chatas de mau humor.

Não sou saco de pancadas, diria que estou mais pra aquele brinquedo João-bobo, que você bate e ele volta com a mesma força pra você. Mas nunca no grito e sim nos argumentos.

Acho que nenhum tipo de discussão se vence no grito e a partir do momento que o tom de voz precisa ser aumentado a pessoa perde razão por mais que ela tenha alguma razão, acaba perdendo...

Porque todo esse discurso???

Apenas porque uma pessoa que trabalha NA MINHA CLÍNICA hoje teve um ataque nervoso e entrou no meu consultório gritando sem nenhuma razão.

Eu que já venho de uma semana difícil, tive vontade de levantar e enfiar meus cinco dedinhos no rostinho dela.

Mas fui uma "lade".... respirei fundo, falei pausadamente e no meu tom de voz habitual disse que ela estava alterada e estava perdendo a razão

Pensei que ela abaixaria o tom de voz e começaria um diálogo, mas para minha surpresa, meu tom de voz foi interpretado como ironia e os gritos aumentaram.

Levantei da minha cadeira, dirigi até a pessoa contando até mil e segurando minha mão pra não deixar minha marquinha.... e a conduzi pra fora do meu consultório dizendo: não vou ter nenhum tipo de conversa com você agora, não sei o que aconteceu, mas você está alterada, e perdeu qualquer razão que achava ter.

Acabei desarmando ela, mas ela não se conteve, entrou na sala dela, ajuntou suas coisas e saiu batendo todas as portas da clínica.

Eu fiquei aqui, sem entender nada e imaginando várias hipóteses:

-seria TPM?

-o marido dela não está suprindo as necessidades dela?

-está faltando dinheiro?

Seja o que for, não é em mim que ela irá jogar tudo isso e nem dessa maneira.

Mas estou tão orgulhosa de mim, por ter sido tão ADULTA e não ter batido nela.

Estou evoluindo...rs

23 comentários:

Nanda Assis disse...

agora conta pra nois pq do pit dela uai, fiquei curiosa rsrs, mas parabéns por ter tomado a melhor atitude.

bjosss...

Fernanda! disse...

Parabens... nota 10 pra vc, foi a melhor opção! Bjo grande e bom final de semana.

Cor de Rosa e Carvão disse...

(risos) pra gente doida ou estressada não precisa motivo não, basta uma oportunidade para ter um piti que tá feito o barraco. Tb odeio isso. Êta coisa chata.

gisley disse...

Bela atitude viu,,,
Eu aposto que ainda esta uma sensação de:
PUTA MERDA QUE VONTADE DE TER SOCADO...
mais o melhor realmente é o depois, qdo a gente avalia que fomos maduras e agimos sendo superiores né..
parabens

meuladocontido disse...

Parabéns, mas confesso pra você.
Eu não tenho essa paciência, não teria deixado os meus dedinhos marcados no rosto dela. (quer dizer acho que não teria), mas certamente seus ouvidos estariam tão doloridos quanto os meus, ahh estariam. Mas sua atitude foi a mais certa, sem dúvida.
Paciência requer prática, mas não é meu forte...
Beijos Incontidos

paula barros disse...

É assim que vamos percebendo as nossas mudanças, diante dos fatos do dia a dia. Parabéns.

E com certeza estara em condições de ouví-la em um outro momento.

abraços, ótimo final de semana.

Vivian disse...

...estes são os meios
que Deus usa para nos
testar e evoluir.

ou não...rs

mas aqui neste caso,
vejo que a senhorita
está se saindo muito
bem...

parabéns, linda!

bjbj

pimenta disse...

Aêêê,arrazou!
Muito bonito!
clap,clap,clap

Bill Falcão disse...

Putz, até os médicos andam estressados! Onde vamos parar, meu Deus?
Bjoooooo!!!!!!!

Dama de Cinzas disse...

Sinceramente eu não tenho a menos paciência com pessoas que chegam me agredindo sem eu ter feito nada. Já bati boca até com chefe por conta disso.

Beijocas

EXAGERADO disse...

Oi,linda
Ahn???Ah,tinha que ser comigo...
Mas,vem cá:fiquei curioso.Por que tal atitude?Vc ficou sabendo?
Se descobriu,nos conta!

beijos

Bertonie disse...

OWN, que phopha você é.
Eu acho que se as mulheres não se odiassem tanto, poderiam conquistar o mundo. Em vez de marchismo, seria o feminismo que dominaria a nossa sociedade. Já pensou? Pois é, também num pensei, não.

"-o marido dela não está suprindo as necessidades dela?"- BOTO FÉ KKKK
Uma pessoa descontrolada assim só deve estar sofrendo por abstinência sexual por parte dele, só pode, só pode...


beigos mil

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

A Amizade é...
O mais nobre dos sentimentos,
Cresce à sombra do desinteresse,
Nutre-se brindando-se e floresce
a cada dia com a compreensão.

Seu lugar está junto ao amor
Porque ela é também amor.
Somente os honestos podem
ter amigos, porque à amizade,
o mais leve dos cálculos a fere.

Como é um bem reservado aos
eleitos, é o sentimento mais
incompreendido e o pior interpretado.
Não admite sombras nem fingimentos,
rusticidade nem renúncias.

Exige no entanto sacrifício e coragem,
compreensão e verdade,
VERDADE! acima de todas as coisas.

Com as pequenas coisas
do dia a dia
cresce nossa amizade.
Desejo que sempre seja assim.
(Desconhecido)

Te desejo um final de semana com muitos amigos,amor e paz
Abraços do amigo Eduardo Poisl

meus instantes e momentos disse...

saudades do teu blog,
ótimo post. Tenha um feliz domingo.
Maurizio

Pelos caminhos da vida. disse...

Vc fez certo,agiu com muita classe.

Ótimo domingo.

beijooo.

Giane disse...

Oi, Menina!!!

Há um ditado que diz:

"Muita gente perde a calma ao ver Você manter a sua."

O ditado está certo.

Beijos mil!!!

Fernanda disse...

Muito bem...
Sendo uma "lade"!
hahahahahhahahahahahaha!
Acho que o probema pode ser as suas 3 hipóteses juntas!!!
hahahaahahahahahhahaha
beijoks

Layana. disse...

Opá! Ser lade quando queremos ser bárbaras.. seria o verdadeiro estereótipo da mulher não? Mas quantos aos Gritos, tb é típico, não só das mulheres, mas de todo ser humano, os ímpetos de loucuras histéricas..
Adoreii..

Leandro disse...

Tudo se resolve na base da conversa. De cabeça quente ninguém consegue resolver nada, só aumentar ainda mais o problema e estressar, magoar os outros.
Bela atitude a sua!
Beijo

Pelos caminhos da vida. disse...

Voltei!!

Tem selinho la pra vc.

beijooo.

Moni disse...

as vezes eu tbm tenho a sensação de ser joão bobo! beijos

Gerly disse...

Muito bem, moça bonita! Numa hora dessas a melhor coisa a fazer é manter a calma. É ser uma lady mesmo, senão a situação pode desandar ainda mais.

Beijokas!

:o)

Juliana Lira disse...

Fiquei pensando, isso sempre acontece comigo, sempre tem alguém dando piti pra cima de mim, acho que porque eu tenho essa cara de boba,ou será que é porque eu sou boba mesmo?rsrsrs
Não importa vc foi uma lady, e o mais importante,foi uma lady sem deixar ela pisar em vc.
Taí uma coisa que eu quero aprender rsrsrs

Mil beijos