segunda-feira, 20 de abril de 2009

Meu coração precisa de sangue


"Meu destino é viver na arena, dançando entre leões famintos. 
É um perigo, eu sei. 
Porém, nos intervalos das lutas, sorrindo, tomo sempre vinho rouge no gargalo colorido das garrafas de cristal. 
Talvez um dia eu acabe até morrendo na arena, quem sabe.

Acontece que, antes de morrer na arena, meus amigos, eu vivo na arena — e isso faz toda a diferença.

Prefiro ser o gladiador ensanguentado a ser um boi feliz.

Meu coração precisa de sangue, não de capim!"

O texto  é de autoria de Edson Marques.

obs: meu coração sangra no momento, jorrando o sangue ruim pra fora, das lembranças que devem ser esquecidas, dos sentimentos não vividos, da saudade eterna. Sangra porque escolhi viver intensamente não só os momentos felizes, mas os tristes  também.
Jorra sangue porque estou na arena, no meio de touros e bois mesquinhos, falsos, egoístas, que brincam com sentimentos alheios.
Mas sou guerreira e esse sangue jorra, acompanhado de gritos e gemidos.  
Um misto de alegria e de tristeza. 
Porque tudo dele que estava ainda impregnado em mim, no meu sangue está saindo. 
Me esvazio dele pra viver de uma vez por todas uma vida plena!!!



21 comentários:

Blogueiro disse...

Puxa, se eu pude-se ajudar.

:(

Blogueiro disse...

DIGO:

Giselle disse...

Fabi,
minha linda, não se aflija desse jeito, tenha calma meu anjo, amanhã tudo vai melhorar, sei que há tempos venho escrevedno isso, mas vc tem que dar oportunidades para a vida Fá ...
Tenha calma minha linda, se eu pudesse lhe pegar no colo e fazer com que vc chorasse no meu ombro com certeza ao seu lado eu estaria ...
Um beijo enorme para vc tá?
Se cuida linda

paula barros disse...

É sempre bom vivermos...mesmo que chorando, coração derramando lágrimas. Nunca é eternamente, e vamos aprendendo a sorrir e a viver melhor.

beijos, viva, viva...

Adoro o que Edson escreve e sempre que me encontro com pessoas casadas a muito tempo, e as observo, e escuto, lembro dele.

Dama de Cinzas disse...

Boi feliz, gado, nuuuuuunca!!!!

Beijocas

Nanda Assis disse...

força, tempo e coragem, se supera tudo.

bjosss...

Fernanda disse...

Fabi que forte esse post. Espero que esteja melhor... comece a enxergar as coisas ruins ajuda a amenizar a situação... Fez boa viagem? Bjo grande!

Simple Me disse...

Também estou perto dos 30. E tentando expulsar muita coisa do meu coração...
Sorte prá nós!

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Entre o que vejo e o que digo,
entre o que digo e o que calo,
entre o que calo e o que sonho,
entre o que sonho e o que esqueço,
a poesia.
Desliza entre o sim e o não:
Diz o que calo,
cala o que digo,
sonha o que esqueço.
Não é um dizer: é um fazer.
É um fazer que é um dizer.
A poesia se diz e se ouve: é real.
E, apenas digo é real, se dissipa.
Será assim mais real?

(Octávio Paz – México)

Desejo uma semana iluminada, com muita paz e amor.
Do amigo
Eduardo Poisl

Duda Martinez disse...

Fabi, não será agora a hora de você começar a escrever só coisas otimistas? Sangre sim. Eu também já sangrei muito. Tudo passa e o que não passa, acaba cicatrizando.
Tenho sentido sua falta lá no meu cantinho que, diga-se de passagem, hoje me pegou num daqueles dias de outono..rsrs
Beijo, e seja sempre feliz!

[ rod ] disse...

Melhor mesmo é viver de uma vez a fase jorrando sangue... do que ser um sangrar fino e contínuo... estes vivem sorrateiramente a nos perder e nos enfraquecer.

Bjs moça e saudades de ti,






Novo dogMa:
doreS...


dogMas...
dos atos, fatos e mitos...

http://do-gmas.blogspot.com/

Cadinho RoCo disse...

Nós é que cuidamos do nosso libertar.
Cadinho RoCo

TaTy GaSpAr disse...

Temos que nos desfazer de tudo que já não nos faz bem...

Sara. Essa é a melhor parte...

Tem festinha no My Freedom hoje!
Passe por lá e pegue seus selinhos...
Bjinhos***

Fernanda disse...

Fabi...
posso te ajudar???
Queria dizer que seria bom se vc tentasse se permitir amar outro alguém... Para que as marcas do passado fossem esquecidas pelo novo amor!
Espero que melhore!
e se puder ajudar, to aqui!
^^

Moni disse...

pois é... comigo esta assim tbm .... beijos

JOICE WORM disse...

Claro que não acredito que o que tem escrito tem alguma coisa a ver contigo... Nan. É só um escrito.
Tu és mais segura do que a cor vermelha deste sangue! Bah!
Viva a vida!!

Leonardo Handa - A vida não vale um fiat 147 disse...

Uau, que aflição lírica!

*Carol Carolina* disse...

pq é a melhor maneira de se desfazer!!!!

jorre sangue, vomite, ponha pra fora.

chega de coisas ruins, e de pessoas ruins.

vc é do bem e de verdade.

um beijo se cuida

Cor de Rosa e Carvão disse...

Querida,

Queria eu poder te trazer palavras de conforto para essa dor de amor que trazes no peito. Mas seria todas vãs e não sou de iludir, para também não ser iludida. Só tenho a certeza de que esse momento tem que ser vivido e que, vai depender apenas de ti e do teu tempo, a hora da virada, da superação, do amor próprio e voltar a ser feliz, por si só.

Ficarei aqui, desse lado da "arena" a torcer por ti, pela tua vitória, pela tua ressurreição. E não se aflige mais do que a dor sentida, porque como traz o ditado: Não há mal que pra sempre dure (ou algo assim).

Força na peruca amiga. Saiba que estarei lá no Cor de Rosa e Carvão a tua disposição. Saiba que o motivo que trouxe até aqui, aos Quase Trinta, foram teus post sentidos de amor e ódio. Não pelo escárnio, mas pela semelhanças de momentos. E ainda estou aqui. Sobrevivi a tormenta. Tu também poderá parar de sangrar. Eu sei!

Beijo no teu coração.

Mulher Objeto disse...

Meu coração precisa de sangue, não de capim, foi uma das coisas mais bacanas que já li...

Raquel disse...

O coração precisa é de amor. =D