terça-feira, 16 de setembro de 2008

Ela se sente cansada, exausta, esgotada fisicamente e emocionalmente.
Cansou-se de sentir-se deprimida, triste. Cansou de ter pena de si mesma.
Começou a perceber que não tinha necessidade de sofrer do jeito que sofria, de chorar da maneira que chorava.
Se deu conta que estava fazendo uma tempestade em copo d’água.
Percebeu que na maioria das vezes sofria, se entristecia por antecipação, por medo, por insegurança.
Descobriu que se tornou pessimista e que isso era ruim, acabava sempre imaginando o pior, ou seja, sofrendo por algo que não aconteceu e que talvez nunca aconteceria.
Ela se olhou no espelho, estranhou o que viu, não se reconheceu. Onde estava aquela menina alegre, segura e repleta de sonhos??
Resolveu que era hora de dar um basta! Chega de se sentir vítima das circunstâncias criadas por ela mesma.
Se olha no espelho novamente e decide que está na hora de se reencontrar!! Chega de lutar contra si...
Sabe que tem um grande caminho até se reencontrar... terá que enfrentar muitos fantasmas do passado e do presente.
Mas sabe que mais cedo ou mais tarde isso aconteceria....
Se reencontrar, crescer, amadurecer se faz necessário!!


Esse selo vai para os seguintes blogs...
Ganhei também mais dois selos que em outras oportunidades estarei publicando e repassando...

61 comentários:

Vivian Mag disse...

...aitilindinhadatitia!!!ocê deu presente pra eu? nun kerdito niçu, my Godzinhu du sky!! rsss...


princesa, eu não sei achar palavras para dizer da minha alegria em receber este selo vindo de tão linda pessoa...mas de uma coisa tenha certeza, meu coração esta transbordando de alegria, porque sei do amor que tenho pelos blogs onde passo, e ao passar deixo um pouco de mim, levando comigo um pouco da alma do dono...cada qual com sua maneira, sua sensibilidade, seu bom humor, às vezes alguns conflitos...isso pra mim é vida vivida na plenitude...e isso só é possível por aqui na blogsfera, onde em cada post, nos deixamos ver realmente como somos, quem somos, onde estamos, e até onde pretendemos chegar...tudo isso feito com amor, só pode gerar prêmios, reconhecimento...e isso é gratificante...OBRIGADA, minha linda! levarei meu selo com todo amor...baci per te, amore mio!

anderson eduardo disse...

POis é, resolveu enfrentar a si mesma.... muito bom este post... adorei por ter aceito minha imagem... e quanto ao selinho boa escolha... abração e tudo de bom

O Sibarita disse...

Pois é dona moça! kkk O reencontrar-se passa por fases intimistas...

Reencontrar-se é saber vislumbrar novos horizontes dentro de si!

Eita menina retada meu Deus! kkkk

bjs
O Sibarita

Mimi disse...

Eu já fui triste, tomei remédio e tomei em outros lugares não publicáveis...

Hoje voltei a sorrir com todos os dentes e a entender que melancolia faz parte, mas tristeza infinita não!

beijos serenos

E parabéns pelo selo, confesso que é mui verdadeiro ou não voltaria aqui pra te ler!

Leandro disse...

E a vida é sempre de aprendizado e crescimento! Ela nos ensina sempre, principalmente na dor. E depois ficamos mais fortes e calejados.
Ah, seu pedido é uma ordem, não precisa nem repetir. Já está lá!!
Beijão

O Seu Livre Arbítrio disse...

Todo dia aprendemos alguma coisa, por menor que seja, mas sempre importante... Para a frase que fora escrita:

''Se reencontrar, crescer, amadurecer se faz necessário!''

Bjosss
Linda paisagem do Rio...

Sammyra Santana disse...

adoreeeeeeei essa reviravolta!
acho que está acontecendo um "surto de amadurescência" com nós, blogueiros! kkkkkkkkkkkkk
Graças a Deus!
É pra frente que se anda!
Beijo, flor

Marina disse...

Não vale a pena permanecer na inércia da tristeza. Claro que sair dela necessita de muita força de vontade, mas o ser humano foi feito para suportar as piores provações.

Abraço!!

Ricardo Rocha disse...

Oi amiga, bom dia. Vim te ver e retribuir a sua gentil visita ao Ecologia Poética, pois já fazem uns dias que te devo esta visita. Apesar de não ser candidato, a campanha política tem tomado o meu tempo e só por isso, pude vir somente hoje, para conhecer a sua casa, que tá umj show. Voltarei outras vezes, ok?
Um abração e tudibão!

Giselle disse...

Amei sua fotinho do Rio, vc está linda ...
Bom, tristeza a parte , temos mais é que respirar fundo e irmos em frente, ufa ...
Vou te contar, viu?
HJ me confundo se penso se sou mulher ou menina, minha cabeça é de uma menina, mas minhas atitudes são de uma mulher, estranho, né?
SEi lá, amadureci, sofri, chorei e dei muitas risadas ...
Mas, o que importa nessa vida mesmo,é sermos felizes, sempre !!!
Não desistir, irmos sempre em frente ...
Muitos beijos prá ti e que o seu dia seja iluminado, ah qto aos selinhos, boa escolha, os dois são demais ... sempre com palavras sábias ...

Dama de Cinzas disse...

Texto bonito!

Eu tenho andado com muita vontade, quase necessidade de escrever algo assim, mas quero escrever de um jeito que expresse meu cansaço sem ficar algo denso demais... Por isso vou adiando... rs


Beijos

DO disse...

Brigadão pelas palavras,FABI.

Vc sempre muito gentil.

Beijos e um otimo dia!!

Jana disse...

é isso guri, o primeiro passo, reconhecer que só a gente muda a gente, agora é fácil.

beijo

Leandro disse...

Acho que a melhor parte da "maturidade" é o reencontrar-se; resgatar aquilo que, mesmo sendo inerente a nós, acabamos deixando pelo caminho.
Experimentar é preciso, mas saber retornar é indispensável.

(gostei daqui e voltarei sempre, se permitir)

Sergio Bianchi disse...

Creio que todos nós, em certos períodos da vida, passamos por algo assim... Faz parte do nosso processo de evolução e não deveríamos levar isso tão a sério... Até porque, se pararmos para um exercício rápido, como imaginar um problema que temos neste exato momento, e pensarmos na importância que ele terá daqui seis meses, um ano, vamos ver que gastamos tempo e energia por nada.
Uma excelente Quarta-feira para vc!
Beijos.

Bandys disse...

Bom vamos la,
Adorei seu texto.Eu acho que não tenho pena de mim faz tempo sabia? E quando começa eu rapidinho tomo providencias...

Eu vi que voce gosta do Rio, rsrsrs deu pra notar, haha vamos ver se numa dessas vindas a gente se encontra.

Hoje não tem post, rsrsr, mas amnaha tem!!! Adoraria ´postar todos os dias...

Bom estarei operando na sexta, um nervo que pinçou no cotovelo. Estarei postando menos e visitando menos pelo menos um mes...

Ja sentiu dor de cotovelo??
Nem queiras, rsr

beijos

Leonardo Handa - A vida não vale um fiat 147 disse...

Nunca é fácil, de fato, conseguir uma auto-elevação. Mas, ela está tentando. E parece que conseguirá. Como sempre, contos muito legais.
Beijo

Flor de Azeviche disse...

"Se reencontrar, crescer, amadurecer se faz necessario!!"
Isso disse tudo.
Adorei o texto..
Linkei você =)
Beijos

Edna Federico disse...

A gente sempre tem que levantar e dar a volta por cima!
Ficar sentindo pena de si mesma, não vai resolver nada, né.
Beijo

Pelos caminhos da vida. disse...

Post que caiu como uma luva pra mim, agora é só eu recomeçar,ir a luta, pensar um pouco mais em mim, afinal eu mereço.

beijooo.

Carla disse...

Recomeçar faz parte do aprendizado!
E antes tarde do que nunca, né?
Bjo.

Jardineiro de Plantão disse...

Resolveu que era hora de dar um basta! Chega de se sentir vítima das circunstâncias criadas por ela mesma.

Virar a página ao livro... Se está na hora, molhar a ponta dos dedos e virar mesmo.

Abraços

Cadinho RoCo disse...

Somos possuídos por necessidades naturais que no mais das vezes nem percebemos como convivemos com elas, como respirar. São ações reações espontâneas que também tratam invadem nosso universo afetivo. Mas aí temos o procedimento seletivo e a coisa fica um pouco mais complicada delicada ou digna de algum trato.Grato pela lembrança com envio do selo que vem embalado por gracioso elogio.
Cadinho RoCo

victor disse...

Você tem 32 blogs. Legal. Abraços,
victors.gomez -
projetos sociais artes

"O Autor", disse...

As tempestades nos copos d´água são as piores, pois na maioria das vezes, bebemos neste copo.

Ana Amelia Teixeira disse...

Verdades ditas...
sofrer antecipadamente é sofrer duas vezes....

João da Silva disse...

Ei, onde é que eu assino?
Quase quarenta.

Apenas eu disse...

Ela sentiu que nesta vida há horas para tudo e até para sofrer há um timing...
deu um basta, olhou o céu, que continuava azul... e caminhou em direcção a si mesma na esperança de encontrar o que nela tinha perdido...

Assim é a vidaaaaaaa

beijokas

Carol disse...

Oiii!!
Desculpa mas não entendi o recado que tu deixou lá no Blog:
"eiiiiiiiiii
cade a atualização?? rs"

Que atualização?

Bjooos

MCI disse...

Esse momento do reencontro consigo mesmo é o mais importante dos momentos: você acende a sua luz interna e ilumina todo o CAOS que há dentro do seu coração!
Não tenha medo de encarar essa bagunça interna e fazer a devida faxina! Jogue fora tudo que não serve e que possa se constituir num verdadeiro "atraso de vida" e libere espaço pra que NOVAS e MARAVILHOSAS COISAS ocupem tal lugar!
Não é um processo fácil, muito menos indolor, mas eu garanto: VALE A PENA!
Comprometa-se consigo mesa e faça do "SER FELIZ" a sua meta diária.
Sorte pra você!
Um grande abraço.

Daniel.

Alone disse...

Por mais dificies que as coisas parecem sempre a uma Luz no fim do tunél!

Bjaum .. Gostei dakY

anderson eduardo disse...

kkkkkk,....Pois é, amanha é quinta, dia de post nao é;..... para lhe deixar curiosa, vou te adiantar o titulo " me deixa que hoje estou de bobeira"..... até amanha 12:00 h

Camila disse...

Menina... to precisando cansar desse jeito!
Ai ai!
=/

Vinícius Aguiar disse...

Esse reencontro com nós mesmos é sempre um momento apoteótico! A vida sempre nos traz diversas provações que nos levam a situações como esta que vc descreveu, mas há sempre algo além, que surge no momento menos esperado, e faz com que possamos entender que existe sempre alguém do outro lado do espelho, e mais que isso, existe uma força que nos move e é capaz de fazer-nos superar tudo, independente do peso da cruz! Isso chama-se VIDA!

Um beijo, e fica com Deus!

mOnI disse...

falou tudoo... o mais importante foi feito que é reconhecer q só a gente mesmo pode se reencontrar, creser e amadurecer!! é a vida! beijos

Cacau disse...

Demorei mas vim te visitar rs

"Se reencontrar, crescer, amadurecer se faz necessário!!"
Isso é difícil, mas como vc disse é necessário. Amadurecer pode ser chato, é diferente e, tudo que é diferente assusta.
Não adianta ficar achando que a culpa do mundo ser mundo é sua.. ficar pessimista, com medo, quem se arrisca a fazer algo, a mudar, tem chances de não conseguir, mas quem não arrisca, tem certeza de não conseguir.

Beijos e bom restinho de semana

O QUATORZE disse...

Boa Tarde
Grato pela visita e eu visitei o seu espaço, gostei li ate a visita a Belo Horizonte, depois virei ler mais,temho um amigo engenheiro que trabalha ai na companhia de diamantes,Mas ele tambem fala em Goiás,Goiana.
Alegre-se a vida merece isso.
Amizade
LUIS 14

Thiago Ya'agob disse...

Boa tarde, Fabiana!

Texto profundo o de hoje, não é mesmo?!

Há uma expressão que diz que "só não sabe a dor quem a dor não sente".

Faz-se necessário olhar no espelho. E ver, não a imagem invertida', mas olhar além do vidro.

Dói. É bem verdade. Mas eu ainda prefiro uma dor que irá cicatrizar-se com o tempo, do que uma calmaria no fingimento.

Abraços. Ah! Tem Max Lucado no Debaixo das Asas.

Shalom!

ANDREA MENTOR disse...

Fabi, what goes around comes around... Certeza!! O pessimismo gera coisas ruins. O caminho é encontrar o caminho e, embora não seja tão fácil, é difícil o necessário pro amadurecimento. Lindo seu texto! Beijo grande

Juliana Lira disse...

Olá Fabiana

Me indentifiquei tanto com este post,que pareceu até que vc escreveu sobre mim rsrsrs

Você escreve de maneira tão profunda e doce que faz a gente querer ler cada vez mais.

beijos ju lira

dado disse...

Ola, todos os dias tenho o habito de visitar outros sites de deixar meu comentário, pois sei o quanto é gratificante receber um. E tamben sei que é um incentivo para continuar com esta arte de colocar o que se pensa nele. Pra mim quem cria e quem escreve em um blog ou num site são verdadeiros artistas.
Deixo o endereço do meu site que tambem é dedicado a estes artistas que fazem e escrevem seus blogs. Aguardo seu comentário pois é muito importante pra mim tambem e fico a disposição para lhe ajudar no que prescisar colocando meu msn a sua disposição . E se voce gostou da radio que toca no meu site, terei maior prazer em colocar no seu. E se quiser conversar comigo pode faze-lo atravez do chat que se encontra no proprio blog. Estarei atendendo das 17 as 19 horas nos domingos e toda a tarde nos demais dias. Dado

Homero, O Tosco disse...

Chega uma hora que nosso baixo astral enche o saco a´te de nós mesmos. Antes tarde do que nunca. vamos a luta que a vida é dura.

Abraços.

Shakti disse...

Texto que nos faz pensar...
Pensar que a vida tem altos e baixos...pois...a vida é assim...vida ...

bjs

Gabi disse...

a maior briga é a que se trava com o espelho...depois que a vencemos um grande passo já foi dado.

Camila Colossi disse...

nossa,muito profundoo
mas muito nindo amore
e axei bem amssa seu perfil :)

bejoo

Max Psycho disse...

Realmente um texto bem profundo, bjus gata e parabens pelo texto e pelo selinho

MELISSA S disse...

Oi!! Vim devolver a visita no Cintaliga! Talvez tivesse sido melhor eu falar "Cada um com seus POBREMA" pra Neide rs Adorei o blog!! Se encontrar realmente é uma tarefa exaustiva...

Juhred disse...

Oie adorei seu post perfeito!!!
Beeijos...

lpzinho disse...

Oiee Fabi!

Passei rapidinho de novo hoje, mas pra te agradecer pelo comentário no meu blog!!
^__^Fico realmente super feliz de manter contatinho!
Um beijo melado de gloss e sempre com agradecimentos mil!!
=)

Sonhadora... disse...

belo texto..se reecontrar é necessário.

bjos!

Rodrigo Melquiades disse...

vdd mesmo moxa....preciso atualizar, ando sem tempo de escrever pra postar...sem ideias....rs
mas em breve estarei renovandu....mas num vai se esquecer di eu ein...
BjoO

M. disse...

nossa,eu precisava ler algo assim1

Paula Cappelletti disse...

Era tudo que eu precisava ler agora!

P.Winter disse...

Olá,querida

Que bom que ela(vc?)se conscientizou a tempo e daqui pra frente pode atrair bons fluidos para a sua vida.Somos aquilo que pensamos,não é mesmo?
Sucesso e Paz!
beijos

Ivan disse...

O autor da frase ali no post anterior falava mesmo de amor?
Tem certeza?

Frederico Blahnik disse...

Muito bonita essa foto de vc no Rio. Eu passei minnhas férias de agosto em SP e conheci uns blogueiros daqui, se a gente tivesse se conheciso antes teriamos tomado um café com biscoitos!
O seu blog é cheio de pensamentos. Isso é muito bacana. Eu gostaria de escrever assim um dia. Com mais seriedade. Acho bonito.
Te add pra voltar aqui com mais calma num dia de folga do trabalho.

Bjin!

;-)

NOCTURNO disse...

Encontrar-se, significa primeiro resolver os assuntos inacabados dentro de nós.

Os sonhos nunca morrem

Mas...

Não se pode ter tudo.

Essa é a realidade.

Beijo Nocturno

divarosachoque disse...

Tem uma coisa q ouvi na faculdade q é mais ou menos assim: toda crise é sinal de mudanças...
e olha, depois de viver isso algumas vezes, comecei a olhar as crises com outros olhos.

Bjossss!

Anna O.
Divã Rosa Choque

Mary West disse...

É isso aí, chega um momento em que temos que chutar o pau da barraca e obrigarmos que sentirmo-nos bem na propria pele. ;)

Dedinhos Nervosos disse...

Às vezes fico imaginando o que a Anna, quando tinha 18 anos, acharia dessa Anna agora, com 35. Depois que li algo assim não lembro aonde, comecei a perceber que algumas bagagens foram adquiridas sem a menor necessidade. Algumas coisas acontecem pra gente perceber que não precisamos mais passar por aquilo, né? Aí, resolver deixá-las para trás pq tava me pesando levar outras. :o)
Bjos!

Jardineiro de Plantão disse...

Ao ler me veio à memória mais um Poema de Florbela Espanca.

Aqueles que me têm muito amor
Não sabem o que sinto e o que sou...
Não sabem que passou, um dia, a Dor
À minha porta e, nesse dia, entrou.
E é desde então que eu sinto este pavor,
Este frio que anda em mim, e que gelou
O que de bom me deu Nosso Senhor!
Se eu nem sei por onde ando e onde vou!!

Sinto os passos de Dor, essa cadência
Que é já tortura infinda, que é demência!
Que é já vontade doida de gritar!

E é sempre a mesma mágoa, o mesmo tédio,
A mesma angústia funda, sem remédio,
Andando atrás de mim, sem me largar!

Abraço