sexta-feira, 19 de setembro de 2008

"As pessoas possuem cicatrizes. Em todos os tipos de lugares inesperados.

Como mapas secretos de suas histórias pessoais. Diagramas de suas velhas feridas.

A maioria de nossas feridas podem sarar, deixando nada além de uma cicatriz. Mas algumas não curam.

Algumas feridas podemos carregar conosco a todos os lugares, e embora o corte já não esteja mais presente há muito, a dor ainda permanece.

O que é pior, novas feridas que são horrivelmente dolorosas ou velhas feridas que deviam ter sarado anos atrás mas nunca o fizeram?

Talvez velhas feridas nos ensinem algo. Elas nos lembram onde estivemos e o que superamos.

Nos ensinam lições sobre o que evitar no futuro.

É como gostamos de pensar. Mas não é o que acontece, é?

Algumas coisas nós apenas temos que aprender de novo, e de novo, e de novo...

Na maior parte das vezes, aquilo que você mais quer é aquela coisa que você não pode ter.

O desejo nos parte o coração, nos esgota.

O desejo pode ferrar com tua vida. E por mais duro que seja querer muito uma coisa, as pessoas
que sofrem mais são aquelas que sequer sabem o que querem."

PS: foto que ganhei do Anderson do blog http://melhorangulo1.blogspot.com/

Já esse selinho foi presente da linda Andréa do blog: http://coisaetals.blogspot.com/



Esse eu repasso para:
http://giselleandrade.blogspot.com/ http://esconderijodabandys.blogspot.com/




Tem mais selinhos que vou colocando aos poucos
Excelente final de semana a todos

61 comentários:

Giselle disse...

Fabiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii,
ai amiga linda, estou arrepiadíssima ....
Obrigada, obrigada, obrigada ...
Amei seu presente ...
Linda, como vc é meiga, obrigada por ter lembrado de mim ...
Imagine, nem sei blogar direito, estou aprendendo e confesso que fiquei e estou muito feliz com o selinho ....
Aiiiiiiiiiiiiiii, ameiiiiiiiiii !!!!
Vou colocar o seu presentinho lá ...
Fá, não é a toa que vc ganha tantos selinhos, vc é uma pessoa iluminada ...
Linda, que vc ganhe muito, muito selinhos, viu?
Estou me sentindo súper honrada ...
Obrigada de todo o meu coração ...
Espero um dia poder retribuir um lindo selinho à vc ...
Súper beijos ...
Vc fez o meu dia ficar mais feliz ...
Ebaaaaaaaa

Giselle disse...

Fá, como eu não sou quase nada afobada ...
Imagine que não, rs ...
Já coloquei meu selinho lá?
rs ...
Depois passa lá para vc ver o que eu escrevi para vc tá?
Súper beijos e mais uma vez obrigada

mOnI disse...

ehhh moça.. só o dono da dor sabe o quanto doi...tem coisas que saram mas sempre fica akela casquinha q basta esbarrar pra sangrar de novo.. infelismente é assim ... beijos, ótimo findi!

Giane disse...

Que texto lindo, Menina!!!

"Na maior parte das vezes, aquilo que você mais quer é aquela coisa que você não pode ter."


Eu sempre quero mais e demais...

Bom fim-de-semana para você também e beijos mil!!!

anderson eduardo disse...

Ual... tinha certeza que voce iria saber traduzir em palavras esta imagem..... adorei esta parceria...muito obrigado...e fico sem palavras para comentar .... simplesmente MARAVILHOSO...fica com deus....

Vivian disse...

...ao longo a vida aprendi que não se pode tocar um ferida, nem mesmo com o dedo limpo...lindíssima foto do mestre Anderson, linda a sua reflexão, lindo seu post, enfim, linda e generosa, você como sempre....muahhhhhhhhh

Camila Blopes disse...

Parabens pelo selinho!

Quanto a dor... ai ai... melhor mesmo é o tempo que a cura!
Beijos

Camila disse...

ESta dai de cima, sou eu! É q loguei na conta errada!
rsrsrs

Juliana Lira disse...

Olá Fabi,

Há feridas tão profundas que não se curam temos que aprender a conviver com elas...
"O poeta é um fingidor,finge tão completamente,que finge que não é dor a dor que deverás sente."Fernando Pessoa

Como sempre,linda reflexão

Mil beijos

Jamille Lobato disse...

Feridas e cicatrizes que ficam. Juntas alimentam nosso aprendizado e alma. O "negócio" é saber interpretálos e melhor, superá-los.

Bjokas

Ana Monteiro disse...

Este texto é muito parecido com o que a Meredith Grey diz na Anatomia de Grey ;$

Dois Rios disse...

"a ferida por baixo da cicatris, quem cura?" vasco gato.

beijo,
inês

Jhennifer Cavassola disse...

OIe!! De tudo só fica as cicatrizes. Amei a postagem, vc sempre com suas palavras maravilhosas de encanto.

Beijos e um lindo final de semana!!

Max Psycho disse...

Muito fera o texto, gata um ótimo final de semana pra ti, fica com Deus

Andréia disse...

parabens pelo post! e é muito difícil lidar com esse tipo de dor. uma das poucas coisas na vida que são eternas enquanto duram. e sempre duram


ate+

Nanda Assis disse...

olá, mas eu adoro velhas feridas.

bjosss...

Inside Me disse...

é tem coisas que nos marcam profundamente =/ tem cicatrizes que nem o tempo apaga: a gente aprende a conviver... bjssssssssss

Lilica disse...

É..infelizmente algumas feridas não cicatrizam nunca. Infelizmente mesmo... Beijão

Alê disse...

Oi!
Vi seu comentário no meu blog.
Estou conhecendo seu espaço agora.Pelo visto vai para a minha lista de favoritos!
Beijos
: )

paula barros disse...

Sim, tenho que concordar. Pensar nas minhas feridas. Penso que o segredo da vida está em saber tirar proveito de tudo, inclusive das cicatrizes. Sinal que estamos vivos e vivenciamos algo.
abraços

Priscila disse...

Desculpe a demora, estou na correria, amei o presentinho fico muito agradecida... "O desejo pode ferrar com tua vida" nossa que frase de impacto, penso que as vezes queremos tanto uma coisa e nem sequer paramos para pensar se aquilo no fará bem. Beijoss Linda!

Kah disse...

Realmente, querer coisas que você sabe que não pode ter é terrível. Por um lado você sempre tem esperanças de conseguir, por outro você sabe que as esperanças são em vão.
E sobre aprender com cicatrizes... eu acho que a gente sempre acaba se cortando de novo.
Beijos :*

Vanessa F. disse...

Nossa... Muito legal seu blog...
Adorei os posts...
Espero tb sua vista... E peço permissao para adiciona-la em minha lista de blogs...

Bjins...

www.blogdepandora.blogspot.com

Sonhadora... disse...

É melhor deixar o q passou ...não despertar o passado vai deixar a porta aberta a futuras renovações.

linda foto...parabéns

bjos e um fds cheinho de sol prá ti!

Crisfonseca disse...

Olá,
belo texto,interessante e repleto de reflexão.
Beijos e otimo fim de semana
Cris

Vinícius Aguiar disse...

Gostei da racionalidade e inteligência do seu texto... as feridas realmente nos lembram um sofrimento, muitas vezes ainda não curado. De fato o aprendizado fica, mas não é fácil lidar com o conflito entre o que aprendemos e o que sofremos, e nem saber até onde tudo isso vale a pena!

Bandys disse...

oiii, tudo certinho!!To voltando devagarzinhooo...
brigadão pelo carinho e pelo selinho, ameii. ♥

beijos

ps: digitar com uma mão, é fogooo. kkk

Danielle~Vampiria~ disse...

Oii Linda :D
Obrigada...
Um ótimo fim de semana para você também!
*-*
Eu amei o jeito que você escreveu.
Ficou muito verdadeiro.
Gostoso de se ler!
Bjos :*
Estou te linkando!

»»Luh Kururu«« disse...

Oieee...
Passei para uma visitinhaaa... Adorei seu blog!!

Beijocasss...

diana disse...

Exactamente. Tens toda a razão.

Vanessa disse...

Incrível, mas é tudo que eu estava pensando e precisando alguém falar!!!
Gostei do blog.

Beijos e bom final de semana!

Tathiana disse...

Vixe, acho q sou do tipo que não sei bem o que quero.. pelo menos a maior parte do tempo! rs.
Beijos.

O Sibarita disse...

Em sendo assim, onde estão minhas cicatrizes, fia? KKKK Eu as quero de volta! kkkkkk

Esse texto tá maravilha e na realidade é o que acontece mesmo, faça fé!

bjs
O Sibarita

Deusa Odoyá disse...

Olá amiga.
Um lindo texto.
As cicatrizes , sempre serão lembradas por nós.
vivemos e morreremos com elas.
Beijos amiga, e fique na doce paz.
Adorei seu blog, voltarei mais vezes.

Regina Coeli.
Obrigado por sua visita ao meu cantinho.

Deusa Odoyá disse...

Olá amiga.
Um lindo texto.
As cicatrizes , sempre serão lembradas por nós.
vivemos e morreremos com elas.
Beijos amiga, e fique na doce paz.
Adorei seu blog, voltarei mais vezes.

Regina Coeli.
Obrigado por sua visita ao meu cantinho.

Liquificadorizando disse...

Cicatrizes...

Lembro da música de nome homônimo gravado por Roberta Sá e o Grupo MP4, maravilhosa!

Também lembro da primeira vez que fui cortar pão e zás! A faca no meu dedo indicador! Ui!

Falando sério, sigo como dizem os Titãs, na música Não fuja da dor!

"Querer, fugir da dor não é uma loucura. Fugir da dor é fugir da própria cura!"

http://alexandraperiard.blogspot.com/

anailuj disse...

Acho que eu tenho algumas cicatrizes que não doem mais.
Só deixam uma marquinha feia.

Há cicatrizes que se fossem tiradas, sentiríamos falta. Já são parte de nós.

Belo post Fabi.

Vivian disse...

...olá princesa"...estou passando para te ver, e deixar bjs com desejo de que tenhas um lindo fim de semana com muita inspiração, muita paz e muito, mas muito amor!!! muahhhhhhh, lindeza!

máa :* disse...

Tenho cicatrizes de todos os jeitos. As que não doem, as que me atormentam, e as que hoje me trazem boas recordações.
:* beijo.

anderson eduardo disse...

tenha um domingo lindo.... muita paz e saude... abração

Clecia disse...

Linda mensagem e parabéns pelos selinhos. São lindos! :) Bjos e um ótimo fim de semana!

Francine Esqueda disse...

Olá... Acabei de ler seu comentário lá nas minhas terapias. Até que enfim... Depois da semana agitada estou de volta à internet. Vim conhecer melhor seu cantinho. Parabéns pelos selinhos e por esta mensagem. Agradeço de coração sua visita!
Bom fim de semana.
Abraços

Mimi disse...

Gata, vai por mim: é melhor aprender com erros do que limpar sujeira... ai, como é ruim!

E tem umas que parecem nunca sair...

(meio Lady MacBeth, mas é sem drama)

beijão

Paula Cappelletti disse...

Ah as feriidas que temos, por mais que doam são tão necessárias!

Codinome Beija-Flor disse...

Lindo o post, parabéns pelo selo.
Abraço

instantes e momentos disse...

gosto muito de voltar sempre ao teu blog. Gosto daqui.
Tenha um ótimo domingo
Maurizio

Avid disse...

Mimos traduzidos em palavras... que belo fica.
Bjs meus

A filha única disse...

Parabéns pelos selos, você mereceu :)
bjs:*

Flor disse...

o importante é lutar pelo que se quer... e tentar ser feliz sempre!
buscando realizar os sonhos...

beijoo

lpzinho disse...

Oi Fabi querida!
Eu acabei de ler e escrever sobre cicatrizes,.... puxa vida e é mesmo né?
Texto bacana, precioso... eu sei que tenho algumas recentes que dóem demais ainda.. mas pelo menos não estão mais abertas nem infeccionando... porém, td cuidado é pouco ein!
Um bjo pra vc, e tenha dias felizes, iluminados e cheios de paz!
^_^

victor disse...

Acho que quem sabe o que quer sofre mais. existem cicatrizes que nunca se fecham, mas temos que saber conviver com elas. Abraços,
victor s. gomez -
projetos sociais artes

Edna Federico disse...

São as cicatrizes que nos fazem evitar os mesmo erros, a gente lembra como dói e como demora sarar.
Beijo

jhúùH disse...

adooorei o blog ;D

anderson eduardo disse...

kkkkkkkk, domingo, resolvi acatar seu conselho.... abração querida e saiba que adoro suas visitas..

Dedinhos Nervosos disse...

Amei seu texto. Na verdade, acho que as cicatrizes deveria servir como alerta que algumas coisas podem marcar de forma dolorosa a nossa vida. Que devemos evitá-las... mas isso é quase impossível de acontecer, né? Só nos resta conviver com elas da forma masi harmoniosa possível.
Bjos!

GUILHERME PIÃO disse...

O jeito é tocar a vida e o passado que se lasque, já foi.
Cada vez que venho fico surpreso pelos bons textos, parabéns.
Abraços

Paula disse...

Olá! Hoje eu ouvi num programa de televisão que não devemos dizer que temos problemas e sim dificuldades e que essas serão vencidas! E acho, que as cicatrizes que ficam nos ajudam a contar nossas histórias, assim como nossas fotos!

beijos e volte sempre!

Sammyra Santana disse...

as cicatrizes são as marcas de nossas lutas diárias e servem bem pra mostrar o quanto saímos fortalecidos de cada uma delas!

Beijinho, flor!

Leonardo Werneck disse...

tenho muitas cicatrizes, elas me mostram exatamente onde errei e porque fui machucado...
Mas dói...

Jardineiro de Plantão disse...

Querer é poder... Quem quer e espera sempre alcança... Mas o sacrifício valerá sempre.

Disse um grande Marechal

Que me importa perder esta batalha... se me levar a ganhar a Guerra...
O desespero e ansiedade são enormes inimigos... difíceis de vencer... mas se as percas levarem a novos ganhos... porquê a redundância... Não sinta a dor... limpe a ferida e conquiste o mundo.

Abraços

Nina Fernandes disse...

Cicatrizes doem, machucam, magoam, doem, e doem.
Mas devemos saber lidar com elas.
Devemos aprender a ameniza-las.
Pq cicatrizes fazem parte da vida.
;)