sábado, 4 de outubro de 2008

Carta 2

G,

Essa carta não vou enviar como enviei a primeira.
Escrevo por escrever, sem pretensões, expectativas ou esperanças.
Sabe por mais que todos digam que um dia vou te esquecer, eu sei que isso não vai acontecer e nem quero que aconteça pois foi com você que aprendi a sonhar.
O que não quero é que sua ausência me machuque.
Vi uma foto atual sua ontem e confesso meu coração disparou do mesmo jeitinho que disparava quando eu podia te chamar de meu namorado.
Você chegou de mansinho na minha vida e disse que vinha pra ficar, eu relutei, desconfiei, mas por fim me entreguei.
Depois de quase três anos eu te pedi pra ir embora, na verdade você já tinha ido, só não tinha coragem de falar, então deixou que eu fizesse, pois assim a culpa seria minha. Afinal eu que abri a porta e pedi pra você se retirar.
E você se foi, sem cerimonias.
Mas eu, eu ainda não consigo dizer adeus.
Porque você foi tudo que eu não pude evitar
Com carinho


"Perdi uma coisa que me era essencial, e que já não é mais. Não me é necessária, assim como se eu tivesse perdido uma terceira perna que até me impossibilitava de andar mas que fazia de mim um tripé estável. Essa terceira perna eu perdi. E voltei a ser uma pessoa que nunca fui. Voltei a ter o que nunca tive: apenas duas pernas. Sei que somente com duas é que posso caminhar. Mas a ausência inútil da terceira me faz falta e me assusta, era ela que fazia de mim uma coisa encontrável por mim mesma, e sem sequer precisar me procurar". Clarice Lispector

71 comentários:

ADRIELLE FERNANDES disse...

ADORO TODAS AS SUAS POSTAGEM SÃO TÃO VERDADEIRA E ESSA ULTIMA NTÃO NEM SE FALA É BEM BONITA VIVO A MESMA SITUAÇÃO NÃO CONSIGO DIZER ADEUS PARA UMA PESSOA QUE MARCOU PARA SEMPRE A MINHA VIDA ~JÁ SE FAZ DOIS ANOS E ELE CONTINUA VIVO NA MINHA VIDA.

lpzinho disse...

Oi Fabi querida!
Não vou comentar o post pq neste momento ainda to meio passado com meu dia perdido!
Maaaaas....queria te dizer que lí.. e que acho bacana as coisas que vc escreve, mas não sei explicar, fico com uma sensação estranha, de que Vc sendo tão linda, intensa e brilhante tem mais é que abraçar feliz a vida e seguir sem se perder em lembranças...
Até pq a sua vida é mto maior do que um período, veja este seu sorriso.. veja o qto vc tem que aproveitar pra se abastecer de felicidade e caminhar adiante!
E sem receios... nem amarras!!
Gosto de vc, mesmo conhecendo tão pouco da tua essência!
Então.. LUZ, minha amiga!! Mta LUZ pra vc e este coraçãozinho delicado e docinho!
Um mega beijo com gloss de melancia e, parabéns pela foto do template!
Simplesmente perfeita, graciosa.... bonita de tudo! ^^

Francine Esqueda disse...

Desculpa a demora... Adoro ler cada blog, ver as novidades e aumentar meus conhecimentos... Estava com saudades dos seus posts!! Pena que não consigo passar aqui todos os dias!
Ps: Muito obrigada pela mensagem simpática que escreveu no dia do meu aniversário!
Um super beijo

Kari disse...

Ah! Já foram tantas as cartas que escrevi e que nunca enviei... Com cada uma, mesmo sabendo que não foram lidas por quem deveria, me senti mais leve. Não doeu menos, mas é como se tivesse ajudado...

E, por que, afinal, eles nunca admitem que acabou? Precisamos sempre tomar as rédeas, na maioria das vezes. Aff

Beijão e, dessa vez, não vim visitar, mas só avisar que virei visita constante, viu?
Beijão

ex-controlador de tráfego aéreo disse...

Sabe, moça, sou mineiro e me agrada a imagem do trem. Por isso vou fazer uma alegoriazinha usando essa imagem.
O trem se desloca sobre trilhos fixos, e a cada trecho entre estações a paisagem muda e encanta o viajante de formas diferentes; mas cada imagem é única e não está perdida na sua memória, ao contrário, está guardada lá. Mas ele sabe que não a encontrará materializada no mesmo olhar, jamais.
O mesmo ocorre com o observador que vê o trem passar, porque ele também sabe que, mesmo encantado, outros trens passarão por seu olhar; ainda que seja o velho mesmo trem a passar e passar.

Um beijo!!!

Saulo Oliveira disse...

Nossa, tenho que dizer que... perfeito.

Não sei se eu posso dizer que passei por algo semelhante à pouco, mas... ta sendo difícil, por mais que eu negue para os outros e às vezes até para mim mesmo. Foram 2 anos e 5 meses, até a outra pessoa me " pedir para ir embora ".

Eu fui. Acho que esse é um dos casos em que não se pode dizer " não ", não é ?! hahahaha. Mas assim, faz apenas três meses e ainda é difícil, não dói mais, verdade, mas ainda incomoda.

Mas o tempo não pára, como dizia Cazuza.


Boa sorte amiga, =******

Patricia disse...

É muito difíci realmente euecer alguém de tamanha importância em nossa vida, mas.. o tempo é o mehor amig que pdemo ter nessas horas.
Torço pro dia de ler posts apaixonados por aqui, pq todo mundo quer ter um amor seu.

Beijos!
Fique bem!

Luder disse...

Nossa que lindo post e triste, todos post's são maravilhosos. Adorei a forma com q espoe o a saudade...
e lá na minha sala, vc nunca leu ? rs é porq ta quentinho, nasceu na minha'lma. Rs.. to apaixonado novamente, e dessa vez. ai meu Deus...sabendo q pode não dar certo, eu quero.rsrsrs aiaiaiaiai....

Beijos
adoro vc...
vc merece tudo de bom...

GUILHERME PIÃO disse...

A vida é assim, as pessoas marcam e a maioria vão embora, logo virá outro e deixara uma marca maior e assim por diante, até que virá um que marcara e ficara para sempre, é a vida.
Gosto dos teus textos,
Abraços

AF disse...

Palavras sentidas :)
Gosto de te ler.

Beijinhos.

Mari disse...

Como diz a canção "leve com vc só o que foi bom" mas leve só enquanto for bom... beijooooo

Raquel disse...

Tuas postagens tocam quem as lê profundamente.

É complicado esquecer alguém. O sentimento demora para ir embora. Mas quando vai, é como se fosse um renascimento.

=D

Bandys disse...

Difícil falar do sentimento do outro...Seu texto é lindo embora triste.

Sei que tudo passa...tudo!
+ um beijo na alma

Lili disse...

O ruim disso tudo, é que a gente sabe que vai passar, mas não sabe quando, e esperar por esse quando é que dói...

O meu quando demorou 4 anos... Foi difícil pra caramba no início, e justo eu, que estava acostumada com a terceira perna, tive que me acostumar a andar só com duas...

E agora, quando finalmente aprendi a andar só com as duas, embora eu sinta falta constantemente da terceira perna, vem alguém me atropelando, invadindo o meu mundo, querendo me implantar outra perna...

A vida é assim mesmo, e vai passar, e depois vai acontecer de novo, e de novo e de novo, mas sempre passa...

Beijosss, bom domingo!!!

Giselle disse...

Fabi, passei de manhã e li seu lindo texto ...
Posso te dizer uma coisa/?
Esse cara é um babaca ...
Aff pronto, falei !!!
Menina, vc é tão doce, tão linda, tem um amor tão lindo por ele, tenho certeza e todos vão concordar, ele não merece esse amor que vc tem por ele, eca ...
Cara chato, eu hein?
Fá, é ruim mesmo qdo vimos uma foto de alguém que não sai de nosso coração, né?
Ai, dóe na alma, pois vimos que o cara continua com a sua vidinha e nós não nos enxergamos ao lado dele...
Minha linda, tenho certeza que vc encontrará o cara ...
Ele continuará sim dentro de ti, mas de uma outra forma ...
Tenho todos meus amores dentro de mim, mas hj apenas guardo lembranças, coisas boas, rs...
Um súper domingo meu anjo, e ah, fiquei boba com sua coleção de selos, também fala sério, vc escreve muitooooooo .
Com carinho,
Gi

Vivian disse...

...pense que em cada carta deixará para trás um passado que como bem diz o nome...passou...

passado, passando, passará, passou...

muahhhhhhh, lindeza!

já foi votar?? rss

Juliana Lira disse...

Fabi

Vc viu o que me aconteceu?aff
Mas tudo bem,já tô de blog novo é o http://julylira.blogspot.com

Sobre o seu post,confesso não sei o que dizer,não sei.
Mas uma coisa eu acredito do fundo do meu coração:uma pessoa maravilhosa como vc não passa pela vida sem um grande amor que a corresponda com a mesma intensidade.
Entã pesso a Deus uma coisa,que ele mande a você esta pessoa especial,logo.
E pesso a você que quando esta pessoa chegar,abra seu coração.Por favor ...

Você merece ser imensamente feliz!

Beijos Jú

Luifel disse...

Moça,

As pessoas passam da nossa vida a medida q nós permitimos q elas passem.

Elas podem sair quando quiserem, mas elas só saem realmente quando decidimos isso, porque quem permanece dentro, sempre está junto.

Bjs

Fabrícia ♥ disse...

que textinho triste ;~~
e me lembrou a minha , só que você foi correspondida e eu nao .
há , e o meu foi 4 anos :|

..
*

curti aqui,é muito lindo ;)

Nina Fernandes disse...

"Envio-te esta carta pedindo pra que volte"

^^

paula barros disse...

Entendo o que escreves. Tenho vários escritos assim, onde me despeço, me afasto, mando embora...mas de dentro de mim não sai. São tentativas vãs. Mas acredito que enquanto valorizamos algo fortemente "pois foi com você que aprendi a sonhar", fica mais difícil esquecer.

Que pelo menos a ausência não faça sofrer, nem a presença ausente, e que possa olhar para trás vendo o belo, mas seguir em frente.

abraços

_+*A Elite in Paris*+_ disse...

Se ele saiu da tua vida é mesmo por uma razão precisa... o que esta fora do nosso alcance, não esta perdido, apenas ja nao tem o seu lugar!

espero que tudo corra bem contigo de agora em diante e que consigas fazer o luto dessa relação que ja expirou ha tres anos!

Beijo meu ♥,

A Elite

Max Psycho disse...

Apago as memórias que não vão voltar
Esqueço as histórias pra quem vou contar
Se aqui só você poderá me ouvir

Um rádio tocando, uma voz a cantar
E eu só te olhando até você lembrar
E você ouve a mesma canção que eu

Eu só queria uma música
Pra acabar com o silêncio que ficou entre nós dois
Eu só queria uma música

Eu sempre me lembro daquele verão
Final de novembro, e você ainda não sabia se gostava de mim
O céu estrelado, uma noite normal
Um beijo roubado te dizendo tchau
E você ouve a mesma canção que eu

Eu só queria uma música
Pra lembrar daquele dia que marcou para nós dois
Eu só queria uma música

Eu só queria uma música
Pra dizer tudo o que eu quero sem me arrepender depois (para nós dois)
Até faria uma música pra você e ninguém mais
Pra gente viver em paz

Acho que eu fiz uma música pra você

Apago as memórias que não vão voltar (Que não vão voltar)
Pra você...

O Sibarita disse...

Oi trintona! Ô, né não? Hummm... sei, quase? Certo... kkkkkkk

Sua carta e o fogo da paixão, mas, quem não ja viveu assim que atire a primeira pedra! kkkkk

Texto porreta viu Fia? Tá bom mesmo!

Se bem que por vezes os textos postados por qualquer um nos blogs não reflitam essencialmente o momento vivido, pode ser uma sonho, uma imaginação... kkkkk

bjs
O Sibarita

Pavón disse...

Sabe, todos costumam dizer que esqueceremos alguem, mas isso nao acontece. Pode ser que o cerebro coloque as lembranças de lado devido a mil e uma coisas, mas é só o coração receber um estimulo e logo voltam as lembranças daqueles tempos... é inevitável, mas precisamos continuar vivendo, pq a vida ainda nos guarda muitas surpresas.

Sobre o texto de Clarice posso dizer que em matemática costuma-se dizer que uma mesa precisa de tres pés para ficar equilibrada, 4 pode torná-la "bamba" e 2 é preciso a posição certa para se manter em pé... não deixa de ser uma comparação interessante.

Beijos

Cruela disse...

engraçado isso, tem coisas que mesmo não durando são pra toda a vida

Jhennifer Cavassola disse...

Quando algo é nosso, ningém tira ou sai da nossa vida. Então se tratando de pessoas a gente nunca as perde, infelizmente elas nunca foram nossa.

Se ame e procure o que realmente está faltando dentro de si. Saia um pouco, paquere, va até um parque, faça coisas que te faz bem e feliz.

Beijos

Gi ... disse...

Adorei teu blog!

Teus textos são de grande sensibilidade, vc escreve de uma forma simples e verdadeira.
Já adicionei no meu, e virei mais vezes pode ter certeza!!!

bjos

instantes e momentos disse...

Tenha um feliz final de domingo.
ótimo post.
Maurizio

Sarinha disse...

"Pq vc foi tudo q eu nao pude
evitar"

eita esse coraçao que nao se deixa dominaaar!

Lindo post! adoreiii..

bjao

Ultra Violet disse...

Caminhar com as próprias pernas é necessário, para continuar, superar a dor da perda de um amor. Muitas vezes precisamos do outro para nos fazer perceber coisas sobre a gente que jamais conseguiríamos ver.

Enfim, prefira a vida.

Bjs.

Késia Maximiano disse...

Das cartas que não mandamos...

lpzinho disse...

Passei pra te agradecer pelo comentário lindo, fofo e importante no meu blog, aliás... mais uma vez fazendo este seu pequeno leitor e fã feliz demais!!
Adorei poder trocar algumas palavrinhas com vc ON line tb!!
Superbeijo e que a semana que começa agora seja mto boa e cheia de vibrações positivas!
Beijo com gloss!^^

A filha única disse...

Pois é zé ,
( esse pois é zé é uma expressão muito capenga que não sai da minha cabeça )
Ele é um canalha, isso posso te afirmar com toda certeza!
E você não deve se deixar entregar por canalhas :(
não mesmo, não quero te ver sofrer!
melhoras ai ;
bjs:*

Jardineiro de Plantão disse...

Jovialidade... é nome de foto.

Existem recordações para todo o sempre... Umas o tempo, as faz descolorir... outras ficarão sempre vivas.

Abraços

Duda Martinez disse...

Dá uma raiva isso tudo, não dá?
Mas passa. Como tudo passará. E você, nem perceberá que passou....Quando olhar pela janela com outros olhos e perceber que, finalmente, o sol tá brilhando tanto, estará felizmente curada.
beijos, amiga!!!

MELISSA S disse...

O coração não escolhe de quem gosta mulher, mas é nossa mente que escolhe que tipo de sentimento alimentar. O amor precisa ser regado para continuar existindo e acho que vc não esquece o cara pq alimenta sonhos e esperanças do passado. Eqto vc alimentar isso, o amor vai existir. Qd vc abrir espa para outras coisas, outras pessoas, na verdade, qdo vc abrir espaço pra VC, tenho certeza q isso vai embora... Até pq sonhar é bom, mas melhor q isso é viver. Se ele não está com vc, pq alimentar devaneios do que poderia ser? Alimente sua alma com o futuro e ela pedirá mais futuro. Se sustentar sua alma com passado, cuidado. Vc pode acabr não vivendo o presente. Beijos!!

Flor disse...

adorei o post...
e mais ainda o trecho de c. lispector! copiei...

beijoo

Daniela Filipini disse...

Eu entendo sua tristeza. Acredito que entendo...
Queria ter a coragem que um dia você teve, de abrir a porta e pedir para que ele se retirasse!

Marcelo Martins disse...

Quem sabe, um dia, eu entenda a alma feminina...

Pelos caminhos da vida. disse...

Olá amiga!

Amar é fácil,mas esquecer...

Tem selinhos pra vc no outro blog meu.

beijooo.

Danielle~Vampiria~ disse...

Belas palavras ^^

Anônimo disse...

ola adorei gostava que fosse a arte-e-ponto.blogspot.com

Gabi disse...

você se foi, sem cerimonias.
Mas eu, eu ainda não consigo dizer adeus.

mt bom;;

Polêmica disse...

Nossa! Amei o teu post demais. Me identifiquei tanto com a carta quanto com essas palavras finais da Clarice Lispector. Eu sei que com duas pernas posso caminhar mas, tem uma terceira perna que me faz tanta falta, eu sinto tanta falta de uma certa pessoa, esses dias eu vi uma foto recente dele (igualzinho na tua carta) e meu coração disparou de tanta saudade e de tristeza porque ele não é mais meu!

Beijinhos!

daniel disse...

Quase Trinta

Apreciei muito o texto, do que penso ser a sinceridade que lhe impmimes. De facto, há tendência muito humana, para reijeitarmos o que verdadeiramente gostammos.
Beijo,
Daniel

Camila disse...

"Guardo pra te dar
As cartas que não mando
COnto por contar
E deixo em algum canto."

Mais uma bela carta!

Beijos

Sheila disse...

Mais doloroso do que perder uma perna é perder a metade da carne e da alma.
mas vamos superar...
fique com Deus.

confissoesaesmo disse...

Mas sabia q apesar de brigar com vc eu te entendo?
Dia desses tava no orkut e entrei e vi umas fotos da Juliane.
E mesmo isso sendo coisa superada e de um passado q não volta mais (não volta mesmo) me peguei pensando nela.
hehehe

bjos

P.Winter disse...

Oi,querida

Vc é muito doce e romântica.
Quer um conselho?Parte pra outra!

Um beijão

Thiago disse...

Tão ruim alguém partir e ficar!

TIAGO FERNANDES disse...

Talvez eu precisasse escrever uma carta também. Este pôster me serviu de estímulo!

moni disse...

Moça, vc tem um amor lindo, um sentimento tão sincero,tenho certeza que vc encontrará alguem que fará por merece-lo, e principalmente alguem que valorizará cada gesto lindo como esses q vc demonstra em suas palavras! beijos

moni disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
angel red disse...

Me identifiquei com seus posts, pois vivi isso por dois anos. Já se vão quase três anos que me libertei desse sentimento de saudade de algo que parece não ter terminado. O tempo faz com que td passe. Não tive um novo amor até então. Vivi uma paixão somente. Hj, tempos depois, vejo que durante um tempo julgava que ainda o amava e na verdade era só a busca de uma resposta que pulsava dentro de mim. Hj ainda o amo, mas deforma diferente. Somos grandes amigos e confidentes.
Não conheço sua história, mas avalie o que pulsa dentro de vc. Se vc tem certeza do que é lute por esse amor. Vá em busca de sua felicidade.
Bjoks

Giane disse...

É como uma cicatriz,Menina.
Fica mais discreta com o tempo, mas a marca ficará para sempre lá.
A dor maior passa e um dia torna-se uma lembrança que nos faz sorrir - seja triste ou agradavelmente, só o com o tempo é que a gente vai descobrir...

Beijos mil!!!

anderson eduardo disse...

Hummm, um grande amor é difícil de esquecer... minha querida, sei que o sentimento é mais forte de que nossas forças, mas é preciso viver sem que esse amor tome conta de uma maneira a nos deixar paralisado... acho que voce entende o quis dizer nao é.... abração e desculpe-me pela ausencia

Flor de Azeviche disse...

Adorei o post ^^
Gosto muito de Clarisse também, apesar de conhecer tão pouco.
Beijos

Mila disse...

É destas coisas... que só o tempo... e um tempo que as vezes não passa... que mais tenho medo... de ficar achando que algo que nunca teria sido... teria sido... Se não foi não era... mas e pra fazer o coração entender tudo isso????
Beijos Mila

Dois Rios disse...

O problema da terceira perna é que, apesar de nunca ter feito falta porque aprendemos a andar com somente duas, fica sempre a sensação de que falta mais um pedaço. É que depois que amamos, nunca mais voltamos a ser quem éramos.

janelasdavida disse...

Oi, que declaração, hein! Torço pra que vc se resolva e saiba escolher o melhor caminho... Não se esqueça, viver é preciso, apesar dos pesares... a vida continua! Bjs

Giselle disse...

Fabi,
menina como tú é importante, aff mais de 60 comentários,
Parabénsssssss
Linda, passa lá no meu blog que tem presentinho para vc.
Súper beijos

Carla disse...

Desencana, querida!
Sorry, mas sou bem mais prática do que aparento ser...
Bjo e otima semana!

Gerly disse...

Coração que dispara denuncia TUDO!
Gostei do seu blog!
Bjoka!

Jamille Lobato disse...

Admira-me tu coragem de dizer "eu te amo" a quem não mais está presente na forma de namorado! Mesmo que essa pessoa não leia, ela vai sentir.

Estou de casa nova, passa por lá. Seu link já está add!

http://jamillelobato.blogspot.com

BRUNO LEONARDO disse...

Oi,linda
Somente o tempo vai fazer com que esta dor deixe de machucar tanto.Talvez vc ainda vai escrever algumas cartas.Algumas vai enviar,outras não...mas,vai chegar um dia ,quando outro ocupar seu coração e sua mente,que vc rirá dessas cartas.Talvez nunca se esqueça dele,mas não haverá mais dor,pode crer!

grande beijo

Wagner L. Moreno disse...

EXCELENTE! que volta por cima! e sempre bola pra frente! bjss

http://infocasa.blogspot.com/

Sonhadora... disse...

As vezes não entendemos o pq das coisas e mais vamos vamos perceber q foi para nosso bem...tente esquecer, é nas lembranças q vc vai mantê-lo vivo.

Amiga , gostaria de te perguntar como vc conseguiu uma lay grande...experimentei todos os modelinhos mas, são pequenos como o meu e fica os espaços na tela sobrando.Se vc puder me dar uma dica eu te agradeço.

Fiz um Selinho Prêmio para oferecer aos blogs q estão no meu coração e o seu com certeza está, gostaria q aceitasse,o código está na coluna e se vc quiser repassar prá outros blogs q vc gosta, quero q fique a vontade, tá.

bjos e uma semana lindinha prá vc!

PULCRO disse...

Clarice combina com tudo. Eu adoro!

Beijos e uma oteeeema semana pra ti.

http://www.pulchro.blogspot.com/

boo disse...

eh mto ruim dizer adeus... bjos...

Edna Federico disse...

Esquecer um grande amor é sempre difícil, mas nem sempre amar é o suficiente, né...
Vai chegar um dia que a lembrança e a presença, dele serão menores do que seu desejo se seguir em frente.
Beijo