terça-feira, 25 de novembro de 2008

Pequenas coisas

Na correria do dia a dia esquecemos muitas vezes de nós mesmos.
Ou muitas vezes o oposto disso, só olhamos para o nosso umbigo e esquecemos do próximo.

É tudo tão corrido, que as vezes não conseguimos dar um bom dia, obrigado ou um simples sorriso de agradecimento.

Nesse momento queria ter o poder de parar tudo por uns simples segundo e conseguir parar o meu e o seu pensamento.

E desfrutar do silêncio.

Ouvir as batidas do meu coração.

O som da minha respiração.

O gostinho do bolo quentinho de chocolate saindo do forno.

O cheiro do mato depois da chuva.

O burburinho das crianças ao redor da árvore de Natal.

O pôr-do-sol nas montanhas.

O contato da areia nos pés, andar na beira da praia, sem hora pra voltar pra casa.

Os momentos especiais vividos em torno de uma deliciosa refeição com a família e com os amigos.

Sensações tão boas e que muitas vezes não damos a devida importância.

Falamos muito em gratidão, mas praticamos pouco.

A concepção mental de consumo instigada pela mídia (ainda mais nessa época do ano) somada a tendência humana da comparação impede que sejamos gratos. Ouvimos e com frequência acreditamos que não temos o suficiente.

Mas todas essas sensações que descrevi, e mais tantas outras como um abraço amigo, um beijo de quem se gosta, palavras de carinho, um olhar apaixonado, coisas que o dinheiro não podem comprar e que nem sempre valorizamos.

Acredito que cada vez mais eu e você muitas temos invertido os valores.

Está na hora de parar e pensar um pouquinho e valorizarmos as pequenas coisas que a vida nos oferecem.....


beijos a todos


51 comentários:

Leonardo Werneck disse...

Nunca é tarde pra desgrudar os olhos do próprio umbigo e vale sempre a pena.

Beijo

Lu Olhosde Mar disse...

eu queria te dar uma dica..tem como vc me mandar um email?? bjo!!!

tossan disse...

Esta é uma lista que eu gostaria de aproveitar na ítegra, mas tá meio difícil alguns itens. Gostei muito do texto. Bj

Gerly disse...

Vc tem toda razão! Valorizar essas pequenas coisas só aumentam a nossa felicidade e estreitam nossas relações com as pessoas.

Bjokas!

:o)

Paulo R Diesel disse...

Concordo. Parar para refletir e mudar alguns procedimentos.

Beijo

tf. disse...

Eu moro no Rio de Janeiro, cidade maravilhosaaa. E você acredita que com a correria do dia-adia eu nunca tinha parado pra ver como a cidade que eu moro é tão bonita. Concordo com você, está na hora de valorizar as coisas simples e bonitas que a vida nos oferece.
Um grande beijo.

Luciene de Morais disse...

Olá querida! Conconrdo com você, precisamos cultivar um espírito grato.
PS. desculpe a ausência, precisei de um pequeno recesso. Beijos.
http://humanidades-e-afins.blogspot.com/

Ví por aí... disse...

ual!!!
Linda...tem selinho p c lá no blog...
Passa lá p conferir...
bjoooookas

Beatriz disse...

O valor das pequenas coisas... preciosa a tua reflexão sobre o assunto.

Te deixo um raio de luar enfeitando os teus sonhosum ramo de violetas azuis e um beijo, no desejo de que teus dias sejam tão lindos quanto o teu coração inundado de poesia e amor.

Juliana disse...

Realmente nós paramos de reparar nas coisas bobas, mas que fazem toda diferença na vida..
as vezes paramos de reparar até em nós mesmo, e em queme sta em volta...
"o cheiro de mato depois da chuva"
me traz muitas lembranças boas e sensações que nem eu sei explicar!

Beijao

Mai disse...

Pois é, por vezes precisamos tocar e cuidar do corpo e da alma.
Lindo texto.
Abraços.

FRAN "O Samurai" disse...

Olá!

Vivemos nesse mundo mega-moderno! Com esse cotidiano louco e corrido de sempre. Realmente fica difícil parar e dar um bom dia à alguém, pois muitas vezes o stress nos cega de uma tal maneira que só olhamos para frente e esquecemos de olhar para os lados.

Passamos por flores, por pássaros, por crianças a brincar, por idosos dando tchau, por amigos, por pessoas que não damos a mínima e que poderiam se tornar grandes amigos nossos se pararmos para conhecê-las.

As melhores coisas da vida estão na simplicidade de momentos marcantes.

Adoro seu blog!

Beijos amiga!

Euzer Lopes disse...

Sempre fui da opinião que não é porque você anda de ônibus que não dê pra olhar na janela e reparar naquela casa que foi reformada, nas flores do jardim do canteiro central da avenida, naquela senhora que varre a calçada, entre tantas coisas.
O mundo está diante de nossos olhos, oferecendo imagens que fazem a gente valorizar pequenos gestos, pequenas imagens, pequenas coisas. Mas ficamos atrelados a fantasmas de nossa existência e não nos damos conta que a vida passa e não vemos porque não QUEREMOS ver.
Não é verdade.

[ rod ] disse...

Vivemos a procura sempre do grande dia, da grande hora e do grande momento, sem apercerber-se que o pequeno detalhes contrói todo o grande desejo.

Como todo bom detalhista.. amo os pequenos sentimentos.

bjs,



Novo Dogma:
roMance...


dogMas...
dos atos, fatos e mitos...

http://do-gmas.blogspot.com/

Vivian disse...

...taí a receita perfeita,
e que eu pratico em beneficio
da minha felicidade.

olho a vida com olhos de ver.

não me permito passar um dia
sem que observe um botão de rosa
despontando pela manhã,
um sorriso de uma criança
que me olha com amor,
o semblante cansado sim,
mas repleto de sabedoria
de um idoso,
o sol nascendo no horizonte
enquanto revoadas de andorinhas
o saúdam alegremente,
um final de tarde deixando a rainha
lua despontar magestosa trazendo
a noite forrada de estrelas.

isso pra mim chama-se VIDA!

e é a ela que devemos dar valor
em primeiro lugar.

bjus, princesa!

Elcio Tuiribepi disse...

è verdade, parar e nos olhar, nos perceber de dentro para fora e não superficialmente. Tarefa difícil, mas necessária de vez em quando. Olhar o umbigão...rssss e reconhecer neles algo que as vezes nem queremos. Muito bomseu texto...um abraço e boa semana.

Dama de Cinzas disse...

Eu sempre tenho essa impressão de que os valores da sociedade estão invertidos! Enfim, é uma busca de cada um esses momentos de lucidez do que vale realmente à pena!

Beijocas

Su disse...

Eu sempre paro por um momento para tirar esse tempinho pra mim, ouvir a voz do silêncio e simplesmente sentir o que é vida!!!
Adoorei parar esse momentinho aqui com vc!!!
Beijos, Flor

Giane disse...

Oi, Menina!!!

"Olha a poesia do dia-á-dia que se perde em meio a tanta correria..."

Você tem razão.
A gente precisa mesmo parar de teorizar e praticar mais a poesia e a gratidão das coisas pequenas, simples e signifcativas.


Beijos mil e fique bem!!!

Bárbara disse...

Quanto tempo !! Adorei a visita !
Gostei do texte, como sempre !

Bjos

Gleidston dias disse...

Ainda vamos a tempo,o texto chegou em boa hora para refletir,mesmo com alguns itens quase impossivel,mas esta lista faz um ser humano melhor,parabéns.

beijos.

Moni disse...

estou precisando disso... beijos

Bandys disse...

Sempre bom refletir...
beijos

Maggie Vila Real disse...

obrigada pela força...ainda bem que DEUS está conosco...mil bjus

Manuzica disse...

Pois é, qdo parei de valorizar o que de fato não era importante, foi que me tornei uma pessoa melhor.

A minha vida hj, é mto diferente da minha vida de dois anos atrás. Principalmente em termos financeiros (tô numa dureza), mas eu sou mto mais feliz agora..infinitamente mais feliz.

Bjocas e excelente dia.

Se cuida.

Pavón disse...

As vezes um simples olhar em volta já nos faz enxergar coisas mágicas. E acredito que esses pequenos gestos podem mudar o mundo, basta parar por um segundo e dedicar nosso "precioso" tempo para um simples agradecimento.

O dia é sempre tão corrido, mas esses pequenos momentos fazem a cena nao ter hora para passar...

Beijos

ღ mey ♥¨`*•.¸¸.•*´¨♥ღ disse...

com certeza após todo esse caos em SC as pessoas valorizarão as pequenas coisas, os sentimentos... bjs

Déia Arakaki disse...

Lindo blog.. adorei a postagem..
Graças a Deus mesmo com a correria do dia a dia nunca deixo de dar meu bom dia as pessoas, de olhar uma flor desabrochar, de ouvir o canto dos passaros , de sorrir .
a vida é tão complicada , eu acredito que se eu deixasse de fazer essas pequenas coisas estaria morrendo de tristeza com certeza..
lindo blog
Parabens

João Francisco Viégas disse...

É mesmo dificil sair do olho furação e apreciar o espetáculo que é a vida!
São tantas as coisas boas que desperdiçamos por nada!

*

Vou esperar tua visita no 'livro' e tua opinião também!

Abração

Sieger disse...

Eu dificilmente descuido... As vezes presto mais atenção nas pequenas coisas do que em mim...

Wagner L. Moreno disse...

muito bem lembrado! precisamos ficar atento por nós mesmos!

http://infocasa.blogspot.com

Everson Russo disse...

Com certeza, muitas vezes pelo corre corre diario esquecemos as coisas pequenas e importantes, um "bom dia " pode salvar o dia de alguem, um alo, um telefonema, ou quem sabe um sonoro "eu te amo"...obrigado pelo carinho da visita ao Livro..beijos e uma linda tarde de paz...

acqua disse...

Por que será que a gente sempre deixa de lado as coisas mais importantes que geralmente são as mais simples? Dias atrás me surpreendi cuidando do meu jardim que estava com mato para todos os lados e me dei conta que não fazia isso há mais de dois meses. Um absurdo. Enfim, a gente sempre deixa coisas especiais para depois e se dedica a conturbação diária e depois reclama do stress. Beijos meus

•.¸¸.ஐBruneLLa Wyvern disse...

Nada como a simplicidade da vida para preencher o coração!
beijos e borboleteios

Lilica disse...

Verdade. Na medida do possível eu tento fazer coisinhas simples, como dar um sorriso para as pessoas que chegam, dizer um bom dia de coração....cada um tem que fazer sua parte né! Beijos

Mila disse...

Menina... sabe que esses dias eu estava me sentindo assim, egoísta. Resolvi fazer bolo para levar pro asilo. É incrível como pequenas atitudes são capazes de realmente nos fazer sentir que somos pessoas melhores.

Menina mãe ♥ disse...

Oi!?
É incrivél como vivemos em tamanha correria e esquecendo dos detalhes, simples mas muito importante da vida.
Seu blog é muito bom flor^^
Bjos.

lpzinho disse...

Oie SUPERFABI!!!

Como vc consegue ser tão linda e no dia seguinte ser ainda mais ein?
Texto bacana... aliás, achei até que vc iria falar deste seu amigo pequeno no texto eheheh
Falando sério, Vc além de admirável, linda, bonita demais sempre se supera no uso das palavras! E que bom te ver assim, escrevendo luz!!!!
Obrigado.. adorei ler!!
E obrigado pela amizade!
Te quero bem demais, minha preciosa amiga mais altinha!

Beijos com muuuuiiiito carinho! =)

*** Cris *** disse...

olá,td bem?
Sempre é tempo de rever nossas atitudes e voltarmos a apreciar a verdadeira beleza que é a vida.
Bjs!

mendogas disse...

Olá amiga
diz-me uma coisa nunca vais chegar aos trinta pois não???
pra toda a gente és a quase trinta
ahahahahah.
estou a brincar contigo não leves a mal!!

beijão

Max Psycho disse...

Realmente quantas vezes voce disse "oi tudo bem?' e parou para ouvir a resposta da outra pessoa?

nós temos a mania de viver numa correria e nos esquecemos do ontato humano, pobre homem dito racional

NOCTURNO disse...

Basta um momento de silêncio e veremos tudo o que nos rodeia com outro olhar.

Afinal tudo faz sentido...

Beijo nocturno

Carla Silva e Cunha disse...

ola

vim deixar um beijo

bom fim de semana

Tathiana disse...

E afinal, a felicidade está nas coisas simples da vida.
Bjs.

Camila disse...

Sempre acreditei que a felicidade está em todas as coisas! Basta procurarmos a essencia!
Adorei.
Beijoss

Nunca é tarde para ser feliz! disse...

Com certeza, quando valorizamos as pequenas coisas da vida ele se encaminha muito melhor... Bjs

Thays Nascimento disse...

Lindo seu pensamento...
acho que já vim aqui antes não?
Em todos os casos to te acompanhando agora.
Beijinhos

Pelos caminhos da vida. disse...

Concordo com vc amiga.

Obrigada por se unir a nós nessa corrente de solidariedade em prol dos Catarinenses.

bjs.

Nathália disse...

Sem querer ser clichê mas já sendo: As pequenas coisas da vida são as melhores.

Jana disse...

é querida, talvez eu esteja precisando aprender algumas coisinhas.

beijos

Eliane disse...

Devemos procurar valorizar mesmos as pequenas coisas e parar de valorizar as coisas que não são importantes.
bjus